Lucimara: peço desculpas a Aracaju por ter pedido voto para Valadares Filho

A vereadora Lucimara Passos (PCdoB) fez, nesta quarta (20), duras críticas ao posicionamento do deputado federal Valadares Filho na votação do processo do impeachment da presidente Dilma Rousseff; “É com muita tristeza que eu expresso aqui o tamanho da minha decepção ao ver o deputado Valares Filho votar contra a democracia. É bem verdade que o PSB já em 2014 fez campanha para Aécio Neves, o que foi o primeiro momento de traição. Mas agora querer tirar a Presidenta da República sem que exista qualquer denúncia sobre crime cometido por essa Presidenta é antidemocrático e um golpe institucional, sim”, afirmou

A vereadora Lucimara Passos (PCdoB) fez, nesta quarta (20), duras críticas ao posicionamento do deputado federal Valadares Filho na votação do processo do impeachment da presidente Dilma Rousseff; “É com muita tristeza que eu expresso aqui o tamanho da minha decepção ao ver o deputado Valares Filho votar contra a democracia. É bem verdade que o PSB já em 2014 fez campanha para Aécio Neves, o que foi o primeiro momento de traição. Mas agora querer tirar a Presidenta da República sem que exista qualquer denúncia sobre crime cometido por essa Presidenta é antidemocrático e um golpe institucional, sim”, afirmou
A vereadora Lucimara Passos (PCdoB) fez, nesta quarta (20), duras críticas ao posicionamento do deputado federal Valadares Filho na votação do processo do impeachment da presidente Dilma Rousseff; “É com muita tristeza que eu expresso aqui o tamanho da minha decepção ao ver o deputado Valares Filho votar contra a democracia. É bem verdade que o PSB já em 2014 fez campanha para Aécio Neves, o que foi o primeiro momento de traição. Mas agora querer tirar a Presidenta da República sem que exista qualquer denúncia sobre crime cometido por essa Presidenta é antidemocrático e um golpe institucional, sim”, afirmou (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A vereadora Lucimara Passos (PCdoB) fez, nesta quarta-feira (20), duras críticas ao posicionamento do deputado federal Valadares Filho na votação do processo do impeachment da presidente Dilma Rousseff. Ele votou favorável ao impedimento.

“É com muita tristeza que eu expresso aqui o tamanho da minha decepção ao ver o deputado Valares Filho votar contra a democracia. É bem verdade que o PSB já em 2014 fez campanha para Aécio Neves, o que foi o primeiro momento de traição. Mas agora querer tirar a Presidenta da República sem que exista qualquer denúncia sobre crime cometido por essa Presidenta é antidemocrático e um golpe institucional, sim”, afirma.

Lucimara se disse decepcionada uma vez que, na última eleição municipal, Valadares Filho foi o o seu candidato à Prefeitura de Aracaju. “Em 2012, eu fui candidata na coligação do então candidato Valadares Filho, pedi voto para Valadares Filho, caminhei muito ao lado de Valadares Filho por toda a cidade de Aracaju, defendi projetos que foram apresentados por ele à população aracajuana e agora eu vi aquele que eu defendi enquanto candidato votar contra a democracia. Por isso, eu quero pedir desculpas ao povo de Aracaju por ter pedido voto para Valadares Filho”, disse.

A vereadora criticou também a estratégia adotada pelo PSB e por Valadares Filho na posição sobre a gestão do atual prefeito João Alves Filho. De acordo com Lucimara, “durante muito tempo, a bancada do PSB ficou dividida". "Enquanto o vereador Lucas Aribé, junto conosco, fazia oposição, o outro parlamentar do PSB, Max Prejuízo, estava liberado para compor a bancada do prefeito e defender João Alves”, lembrou.

Para Lucimara, ao permitir que o PSB agisse desse modo na Câmara de Vereadores, Valadares Filho, que é presidente estadual do partido, é também co-responsável pelos problemas que enfrenta a população de Aracaju. “Eu posso assegurar que, dessa maneira, ele [Valadares Filho] também ajudou um pouco a aumentar o IPTU e a gerar as mazelas que a administração de João Alves está infelizmente concretizando dia a dia”, disse.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247