Luís Cesar: Dilma terá entre 186 e 216 votos

Deputado estadual goiano afirma que a líder petista não cometeu crime de responsabilidade; presidente do PT informa que dissidentes do PMDB, PSD, PP e PR votarão contra o golpe; relata, ainda, que as esquerdas – PT, PC do B, PSOL, PDT, PCO, PCB, PCR - estão unificadas; historiador lembra que Eduardo Cunha é réu no STF e Michel Temer deflagra ‘traição’; acentua, ainda, que pesquisa Vox Populi mostra que brasileiros não confiam em Temer e aponta que o impeachment não resolve a crise

Deputado estadual goiano afirma que a líder petista não cometeu crime de responsabilidade; presidente do PT informa que dissidentes do PMDB, PSD, PP e PR votarão contra o golpe; relata, ainda, que as esquerdas – PT, PC do B, PSOL, PDT, PCO, PCB, PCR - estão unificadas; historiador lembra que Eduardo Cunha é réu no STF e Michel Temer deflagra ‘traição’; acentua, ainda, que pesquisa Vox Populi mostra que brasileiros não confiam em Temer e aponta que o impeachment não resolve a crise
Deputado estadual goiano afirma que a líder petista não cometeu crime de responsabilidade; presidente do PT informa que dissidentes do PMDB, PSD, PP e PR votarão contra o golpe; relata, ainda, que as esquerdas – PT, PC do B, PSOL, PDT, PCO, PCB, PCR - estão unificadas; historiador lembra que Eduardo Cunha é réu no STF e Michel Temer deflagra ‘traição’; acentua, ainda, que pesquisa Vox Populi mostra que brasileiros não confiam em Temer e aponta que o impeachment não resolve a crise (Foto: Realle Palazzo-Martini)

Renato Dias, especial para o Goiás247

O deputado estadual Luís Cesar Bueno e Freitas [PT-GO] diz ao Brasil247.com que a contabilidade do Palácio do Planalto é entre 186 e 216 parlamentares irão votar, neste domingo, de 11h às 22h, na Câmara dos Deputados, em Brasília, Capital da República, contra o impeachment da presidente da República, a economista Dilma Rousseff.

- Dilma Rousseff não cometeu crime de responsabilidade!

Presidente do PT em Goiânia, ele lembra que uma inocente estaria sendo julgada por um crime que não cometeu e em um processo sob a coordenação de um réu no Supremo Tribunal Federal [STF], acusado de possuir contas secretas e não declaradas na Suíça, o peemedebista Eduardo Cunha [RJ]. Trata-se de uma vingança abjeta, denuncia.

- Eduardo Cunha é um criminoso!

O líder da tendência interna Movimento PT denuncia suposta pressão aos deputados federais da base aliada por Eduardo Cunha. Até Sérgio Moro, juiz federal de Curitiba, ensaia o encerramento das investigações da Operação Lava-Jato, questiona o dirigente. O que existe é um golpe em andamento, como os que ocorreram em Honduras e no Paraguai, atira.

- O Brasil não pode aceitar!

Luís Cesar relata que, caso saia vitoriosa, Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva irão propor um pacto para evitar mais fraturas na sociedade. É hora de desarmar os espíritos, acabar com a crise política, para que o País possa controlar a inflação, reduzir os juros, baixar o dólar, e retomar a agenda do desenvolvimento econômico com justiça social, registra.

- Como o ‘Pacto de La Moncloa’, na Espanha pós-franquista.

O ex-líder da bancada do PT no Palácio Alfredo Nasser cita números da pesquisa Vox Populi, encomendada pela CUT Nacional, que aponta que os brasileiros não confiam mais no vice Michel Temer e revela que os eleitores entrevistados não acreditam que o eventual impedimento de Dilma Rousseff possa equacionar a crise econômica, social e política.

- Não vai ter golpe!

Perfil
Nome: Luis Cesar Bueno e Freitas
Partido: PT
Cargo: Deputado estadual e presidente da sigla em Goiânia
Formação: Historiador
Tendência: Movimento PT
Ideologia: Socialdemocrata de esquerda

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247