Lula: Brasil vai retomar caminho pela democracia

Num discurso em que lembrou sua ida ao interior do Piauí em 1982, o ex-presidente Lula comentou sobre a miséria daquela época e de como queria se eleger presidente para que o brasileiro pudesse comer três refeições no dia; "Tenho orgulho de dizer que depois de 12 anos de governo de PT, o Brasil saiu do mapa da fome. Agora está voltando", lamentou, desta vez na cidade de Altos; segundo Lula, o "pessoal que deu o golpe na Dilma usou a televisão para mentir ao povo brasileiro. E agora estão destruindo o que foi feito"; "Eles estão vendendo o Brasil", criticou, para anunciar em seguida: "a gente tem a certeza que o Brasil vai retomar seu caminho pela democracia. Nas urnas quem manda é o povo"

Num discurso em que lembrou sua ida ao interior do Piauí em 1982, o ex-presidente Lula comentou sobre a miséria daquela época e de como queria se eleger presidente para que o brasileiro pudesse comer três refeições no dia; "Tenho orgulho de dizer que depois de 12 anos de governo de PT, o Brasil saiu do mapa da fome. Agora está voltando", lamentou, desta vez na cidade de Altos; segundo Lula, o "pessoal que deu o golpe na Dilma usou a televisão para mentir ao povo brasileiro. E agora estão destruindo o que foi feito"; "Eles estão vendendo o Brasil", criticou, para anunciar em seguida: "a gente tem a certeza que o Brasil vai retomar seu caminho pela democracia. Nas urnas quem manda é o povo"
Num discurso em que lembrou sua ida ao interior do Piauí em 1982, o ex-presidente Lula comentou sobre a miséria daquela época e de como queria se eleger presidente para que o brasileiro pudesse comer três refeições no dia; "Tenho orgulho de dizer que depois de 12 anos de governo de PT, o Brasil saiu do mapa da fome. Agora está voltando", lamentou, desta vez na cidade de Altos; segundo Lula, o "pessoal que deu o golpe na Dilma usou a televisão para mentir ao povo brasileiro. E agora estão destruindo o que foi feito"; "Eles estão vendendo o Brasil", criticou, para anunciar em seguida: "a gente tem a certeza que o Brasil vai retomar seu caminho pela democracia. Nas urnas quem manda é o povo" (Foto: Gisele Federicce)

247 - O ex-presidente Lula fez um novo discurso no Piauí neste domingo 3, desta vez na cidade de Altos, onde participou do ato 'Mais Habitação Mais Cidadania' e recebeu o título de cidadão honorário.

Lula também lembrou de sua ida ao interior do Piauí, em Picos, em 1982, e comentou sobre a miséria daquela época e de como queria se eleger presidente para que o brasileiro pudesse comer três refeições no dia.

"Tem gente que acha pouco. Mas quem acha pouco é porque nunca passou fome. A fome não espera", disse. "Tenho orgulho de dizer que depois de 12 anos de governo de PT, o Brasil saiu do mapa da fome. Agora está voltando", lamentou.

Para o petista, o "pessoal que deu o golpe na Dilma usou a televisão para mentir ao povo brasileiro. E agora estão destruindo o que foi feito".

"Eles estão vendendo o Brasil", criticou. "Querem destruir o Banco do Brasil, a Caixa Econômica, o BNDES, querem vender parte da Petrobras. Eles estão fazendo como aquele vagabundo que casa e, em vez de trabalhar, vende os móveis da casa", comparou.

Por fim, Lula anunciou, ao lado do governador Wellington Dias: "a gente tem a certeza que o Brasil vai retomar seu caminho pela democracia. Nas urnas quem manda é o povo".

Assista ao discurso e à homenagem:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247