Maceió tem cinco novos pontos de fiscalização eletrônica

A partir desta segunda-feira (20) começam a funcionar os cinco novos pontos de fiscalização eletrônica instalados em vias públicas de Maceió; a velocidade máxima permitida é de 60 km/h, nos seguintes locais; objetivo é diminuir os índices de acidentes

A partir desta segunda-feira (20) começam a funcionar os cinco novos pontos de fiscalização eletrônica instalados em vias públicas de Maceió; a velocidade máxima permitida é de 60 km/h, nos seguintes locais; objetivo é diminuir os índices de acidentes
A partir desta segunda-feira (20) começam a funcionar os cinco novos pontos de fiscalização eletrônica instalados em vias públicas de Maceió; a velocidade máxima permitida é de 60 km/h, nos seguintes locais; objetivo é diminuir os índices de acidentes (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - Nesta segunda-feira (20), começam a funcionar os novos pontos de fiscalização eletrônica instalados em vias públicas de Maceió. Mais cinco locais receberam os equipamentos, que, segundo a prefeitura, tem o objetivo de diminuir os índices de acidentes.

A velocidade máxima permitida nos novos pontos é de 60 km/h, nos seguintes locais: Avenida Governador Afrânio Lages (próximo ao acesso do Buganvillia), Avenida Durval de Góes Monteiro (em frente à Ultragás e à M. Dias Branco) e Avenida Menino Marcelo (próximo ao Animakids e ao Residencial Tabuleiro). A fiscalização eletrônica nos locais funcionará 24 horas para o limite de velocidade estabelecido.

Na última semana, equipes de educadores de trânsito da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) informaram aos condutores na Avenida Menino Marcelo e na Avenida Durval de Góes Monteiro e na Avenida Leste-Oeste sobre os novos pontos de fiscalização e a necessidade de respeitar os limites de velocidade.

"As ações encerram o trabalho de uma semana dedicada à orientação acerca dos novos locais de fiscalização. Nos cinco pontos houve entrega de panfletos aos motoristas e comerciantes da região, bem como esclarecimentos de dúvidas solicitadas aos educadores", disse a diretora de Educação para Mobilidade Urbana da SMTT, Juliana Normande.

Com gazetaweb.com e assessoria

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247