Maioria na CEI da Amma foi contra investigação

Antes mesmo de começar, comissão que vai investigar vereadores acusados de corrupção já tem cheiro de pizza; Elias Vaz, que foi autor da proposta de criação, ficou de fora da composição; presidente da Casa, Clécio Alves, é acusado de atrasar instalação da CEI e para completar apenas dois dos sete membros são favoráveis às investigações

Maioria na CEI da Amma foi contra investigação
Maioria na CEI da Amma foi contra investigação
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247_ Antes mesmo de começar, a Comissão Especial de Inquérito (CEI) que pretende investigar as irregularidades na liberação de licenças ambientais na Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) já tem cheiro de pizza.

A CEI está cercada de polêmicas e de indícios que apontam um futuro não muito promissor no que diz respeito ao avanço das investigações. O autor da proposta de criação da CEI, o vereador Elias Vaz (PSol) ficou de fora da composição e tenta entender o que se passou. “Lamento muito. Tinha a expectativa de participar. É natural que os propositores participem”, disse o vereador.

Outro indício da dificuldade para emplacar a comissão é o fato de a maioria dos vereadores indicados para CEI serem contra as investigações. Dos sete membros, só dois votaram a favor da criação: Cristina Lopes (PSDB) e Paulo Silva (PSDC). Os outros membros são Deivison Costa (PT do B), Izídio Alves (PMDB), Paulo Magalhães (PV), Richard Nixon (PRTB) e Tayrone Di Martino (PT).

Outro fato que incomodou vereadores de oposição foi a demora em instalar a comissão. No centro deste debate está o presidente da Câmara, Clécio Alves (PMDB).A criação da CEI foi aprovada em 20 de fevereiro e só agora, mais de um mês depois, começa a ser montada. Está marcada para terça-feira reunião para definir quem vai comandar a CEI.

“Esses trabalhos já deveriam ter começado assim que a CEI foi aprovada em plenário, com 19 assinaturas. Sou constantemente cobrada, não só pela mídia, mas também pelas pessoas sobre demora nessa fiscalização. A Câmara não pode, em nenhuma hipótese, se omitir nessa averiguação, por se tratar de uma questão muito séria e preocupante,já que envolve dois vereadores desta Casa”, afirma a vereadora Dra. Cristina (PSDB).

Operação Jeitinho

A CEI da Amma tem como objetivo investigar as denúncias contra os vereadores Paulo Borges (PMDB) e Wellington Peixoto (PSB). Os dois são acusados de estarem envolvidos na liberação de licenças ambientais na Amma. Borges chegou a ser preso na Operação Jeitinho.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email