Marco Maia questiona 'jejum' e 'orações' do Judiciário pela prisão de Lula

Deputado federal Marco Maia (PT-RS) ironizou os pedidos feitos a Deus durante o período da Páscoa por procuradores e juízes da Lava Jato que defendem a prisão em 2ª instância, antes do fim do julgamento de todos recursos previstos em lei, visando a prisão do ex-presidente Lula; "Ante a enxurrada de pedidos a Deus feito pelos procuradores e juízes da Lavajato gostaria de fazer um tb. Que Deus, atenda minhas orações e puna quem recebe auxilio moradia em duplicidade na família", postou Maia no Twitter

Marco Maia questiona 'jejum' e 'orações' do Judiciário pela prisão de Lula
Marco Maia questiona 'jejum' e 'orações' do Judiciário pela prisão de Lula

Rio Grande do Sul 247 - O deputado federal Marco Maia (PT-RS) usou sua conta no Twitter para ironizar os pedidos feitos a Deus durante o período da Páscoa por procuradores e juízes da Lava Jato que defendem a prisão em 2ª instância, antes do fim do julgamento de todos recursos previstos em lei, visando a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Ante a enxurrada de pedidos a Deus feito pelos procuradores e juízes da Lavajato gostaria de fazer um tb. Que Deus, atenda minhas orações e puna quem recebe auxilio moradia em duplicidade na família", postou o parlamentar.

A postagem faz referência ao fato do juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato em Curitiba e pela sentença contra Lula no caso do tríplex do Guarujá que recebe, juntamente com a mulher, o benefício do auxílio-moradia pago a membros do judiciário.

Em outra postagem, Maia também ironizou a postagem feita pelo procurador Deltan Dallagnol, responsável pelo Power Point que foi usado na condenação sem provas contra Lula, que disse que iria "jejuar" e fazer "orações" para que o Supremo Tribunal Federal (STF) mantivesse o entendimento acerca da prisão em 2ª instância.

"Porque será que o Dellagnol (sic) não faz greve de fome até prender um tucano? Não sairia vivo", escreveu Maia.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247