Marconi: Brasil precisa de um estado eficiente para o cidadão

O governador Marconi Perillo destacou nesta terça-feira, em São Paulo, durante o Salão Internacional da Avicultura e Suinocultura (Siavs), a força da cadeia produtiva de criação de aves, porcos e produção de ovos em Goiás, uma das mais importantes do Estado; goiano defendeu que o Estado brasileiro seja direcionado pela eficiência; “Não queremos para o Brasil estado máximo ou mínimo, mas estado eficiente”, afirmou, ao defender que o país esteja cada vez mais próximo daqueles que geram emprego e renda

O governador Marconi Perillo destacou nesta terça-feira, em São Paulo, durante o Salão Internacional da Avicultura e Suinocultura (Siavs), a força da cadeia produtiva de criação de aves, porcos e produção de ovos em Goiás, uma das mais importantes do Estado; goiano defendeu que o Estado brasileiro seja direcionado pela eficiência; “Não queremos para o Brasil estado máximo ou mínimo, mas estado eficiente”, afirmou, ao defender que o país esteja cada vez mais próximo daqueles que geram emprego e renda
O governador Marconi Perillo destacou nesta terça-feira, em São Paulo, durante o Salão Internacional da Avicultura e Suinocultura (Siavs), a força da cadeia produtiva de criação de aves, porcos e produção de ovos em Goiás, uma das mais importantes do Estado; goiano defendeu que o Estado brasileiro seja direcionado pela eficiência; “Não queremos para o Brasil estado máximo ou mínimo, mas estado eficiente”, afirmou, ao defender que o país esteja cada vez mais próximo daqueles que geram emprego e renda (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O governador Marconi Perillo destacou hoje, em São Paulo, durante o Salão Internacional da Avicultura e Suinocultura (Siavs), a força da cadeia produtiva de criação de aves, porcos e produção de ovos em Goiás, uma das mais importantes do Estado. Defendeu que o Estado brasileiro seja direcionado pela eficiência. “Não queremos para o Brasil estado máximo ou mínimo, mas estado eficiente”, afirmou, ao defender que o país esteja cada vez mais próximo daqueles que geram emprego e renda.

Ao se dirigir aos presentes no simpósio internacional, Marconi assinalou que estava falando em nome de sete estados integrantes do Consórcio Brasil Central, que detém boa parte da produção de proteína animal no Brasil e apresentam altos índices de produtividade e que são referência no agronegócio.

Ele elogiou a escolha do tema do simpósio: competitividade e inovação. “Esse é um setor fundamental”, assinalou Marconi, ressaltando que Goiás tem a honra de ser um grande produtor de proteína animal. Relatou que, em Goiás, o governo tem priorizado o tema inovação e competitividade, com um programa específico, o programa Goiás Mais Competitivo e Inovador como a mola mestre das ações de governança.

Também elogiou o trabalho do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, principal homenageado do simpósio e o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (APBA), Francisco Turra, ex-ministro de Agricultura.

A cada ano, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), organizadora do evento, homenageia, com o troféu Mérito Lauriston Von Schmidt (um dos criadores da União Brasileira de Avicultura, em 1963), três personalidades que tenham se destacado no apoio à cadeia produtiva, no campo político e empresarial.

Neste ano o homenageado do setor empresarial foi o goiano José Garrote, diretor-presidente da São Salvador Alimentos (SSA), que detém as marcas Super Frango e Boa, uma das mais modernas plantas frigoríficas avícolas do País, que hoje exporta para 62 países. O prêmio foi entregue pelo governador Marconi Perillo, por convite dos organizadores do Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (Siavs).

Logo após a solenidade oficial de abertura simpósio internacional, o governador circulou pelos estandes do Anhembi, acompanhado do empresário José Garrote. No trajeto, a dupla recebeu cumprimentos de expositores e reconhecimento pela força do agronegócio goiano, que tem na cadeia de produção de aves, ovos e suínos uma das mais fortes e representativas do Estado.

Além de Marconi, participaram do evento os governadores Geraldo Alckmin (SP), Paulo Hartung (ES), Reinaldo Azambuja (MS), Raimundo Colombo (SC), o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, o diretor-geral da Organização Mundial do Comércio, Roberto Azevedo, e a governadora em exercício do Paraná, Cida Borghetti.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247