Marconi mostra Hugo 2 em fase final de acabamento

Unidade de saúde será a maior da Região Centro-Oeste e abre as portas agora em abril; "Conforme regras estabelecidas pela OMS, o Hugo 2 vai começar a funcionar de forma gradativa, até que todas as modalidades de atendimento estejam capacitadas para funcionar simultaneamente. Um grande avanço para a saúde em Goiás", disse Marconi em suas redes sociais;  serão 3 mil funcionários, 21 centros cirúrgicos, 80 leitos de UTI distribuídos em oito alas, 45 leitos para recuperação, 360 leitos de internação, duas emergências, laboratórios e unidade para atendimento a queimados

Unidade de saúde será a maior da Região Centro-Oeste e abre as portas agora em abril; "Conforme regras estabelecidas pela OMS, o Hugo 2 vai começar a funcionar de forma gradativa, até que todas as modalidades de atendimento estejam capacitadas para funcionar simultaneamente. Um grande avanço para a saúde em Goiás", disse Marconi em suas redes sociais;  serão 3 mil funcionários, 21 centros cirúrgicos, 80 leitos de UTI distribuídos em oito alas, 45 leitos para recuperação, 360 leitos de internação, duas emergências, laboratórios e unidade para atendimento a queimados
Unidade de saúde será a maior da Região Centro-Oeste e abre as portas agora em abril; "Conforme regras estabelecidas pela OMS, o Hugo 2 vai começar a funcionar de forma gradativa, até que todas as modalidades de atendimento estejam capacitadas para funcionar simultaneamente. Um grande avanço para a saúde em Goiás", disse Marconi em suas redes sociais;  serão 3 mil funcionários, 21 centros cirúrgicos, 80 leitos de UTI distribuídos em oito alas, 45 leitos para recuperação, 360 leitos de internação, duas emergências, laboratórios e unidade para atendimento a queimados (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O governador Marconi Perillo (PSDB) mostrou em suas redes sociais fotos do Hospital e Urgências da Região Noroeste, o Hugo 2. A unidade de saúde vai ser a maior da Região Centro-Oeste e abre as portas em abril. Toda a infraestrutura do hospital já está pronta e os aparelhos estão sendo montados. 

"Conforme regras estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde, o Hugo 2 vai começar a funcionar por etapas, de forma gradativa, até que todas as modalidades de atendimento estejam capacitadas para funcionar simultaneamente. Um grande avanço para a saúde em Goiás", disse Marconi.

"A Organização Social responsável pela sua gestão já foi licitada e contratada e os profissionais que trabalharão na unidade já foram selecionados. Serão 3 mil funcionários, 21 centros cirúrgicos, 80 leitos de UTI distribuídos em oito alas, 45 leitos para recuperação, 360 leitos de internação, duas emergências, laboratórios e unidade para atendimento a queimados, além da administração", revelou o governador.

Segundo o governador, a entrega do Hugo 2 "completa rede de hospitais" da administração estadual, oferecendo serviços de saúde de alta qualidade para a população da Grande Goiânia e de todas as partes do Estado". "A OS já está contratada. Nós vamos ter aqui mais de 3 mil funcionários trabalhando", lembra Marconi.

O Hugo 2 vai integrar a Rede Hugo, composta ainda pelo Hugo 1 e pelos demais hospitais de Urgência e Emergência do Estado já em funcionamento ou em construção.

"Hugo 1, HDT, HGG, Materno, Crer, Huana, Huapa e toda a rede hospitalar do Estado funcionando com qualidade de primeiro mundo. Quando esse o Hugo 2 entrar em funcionamento, nós vamos completar esse atendimento e a população vai se sentir realmente respeitada pelo poder público", afirmou o governador.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247