Margarida: ‘com Guedes será chicote no lombo do trabalhador’

Deputada Margarida Salomão (PT-DF) lamentou a informação de que o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, irá comandar a Secretaria de Políticas Públicas de Emprego por causa da extinção do Ministério do Trabalho; "Não é por outra razão que tenho dito que Guedes assumirá o Ministério do Neoliberalismo, e não o da Economia. Neoliberalismo na veia, e chicote no lombo do trabalhador brasileiro"

Margarida: ‘com Guedes será chicote no lombo do trabalhador’
Margarida: ‘com Guedes será chicote no lombo do trabalhador’

Minas 247 - A deputada federal reeleita Margarida Salomão (PT-DF) lamentou a informação de que o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, irá comandar a Secretaria de Políticas Públicas de Emprego por causa da extinção do Ministério do Trabalho.

"Não é por outra razão que tenho dito que Guedes assumirá o Ministério do Neoliberalismo, e não o da Economia. Neoliberalismo na veia, e chicote no lombo do trabalhador brasileiro", escreveu a parlamentar no Twitter.

As movimentações da equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro geram preocupação nos trabalhadores, até porque, no dia 28 de agosto, ele concedeu entrevista ao Jornal Nacional e cravou: "O trabalhador terá que escolher entre mais direito e menos emprego, ou menos direito e mais emprego".

Com as atribuições da secretaria sob sua responsabilidade, Guedes tentará colocar em prática a intenção do presidente eleito Jair Bolsonaro de criar uma carteira de trabalho verde e amarela.

Segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo, a nova carteira, que existirá em concomitância com a atual, vai assegurar apenas direitos constitucionais, como férias remuneradas, 13º salário e FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

A secretaria também concentra programas como seguro-desemprego e abono salarial, e o Codefat (conselho do Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247