Maria do Rosário comenta manifestações de ódio após ter sofrido assalto

Em vídeo publicado nas redes sociais, a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) comentou as manifestações de ódio recebidas após  ter sofrido um assalto na última quarta-feira (27), em Porto Alegre; "Todas essas fake news e manifestações de ódio nos são dirigidas pelas causas que defendemos. Essas manifestações de ódio, não raro, também configuram crimes", diz Maria do Rosário; para ela, esse tipo de crime se aproveita da boa fé ou da falta de informação das pessoas

Em vídeo publicado nas redes sociais, a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) comentou as manifestações de ódio recebidas após  ter sofrido um assalto na última quarta-feira (27), em Porto Alegre; "Todas essas fake news e manifestações de ódio nos são dirigidas pelas causas que defendemos. Essas manifestações de ódio, não raro, também configuram crimes", diz Maria do Rosário; para ela, esse tipo de crime se aproveita da boa fé ou da falta de informação das pessoas
Em vídeo publicado nas redes sociais, a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) comentou as manifestações de ódio recebidas após  ter sofrido um assalto na última quarta-feira (27), em Porto Alegre; "Todas essas fake news e manifestações de ódio nos são dirigidas pelas causas que defendemos. Essas manifestações de ódio, não raro, também configuram crimes", diz Maria do Rosário; para ela, esse tipo de crime se aproveita da boa fé ou da falta de informação das pessoas (Foto: Charles Nisz)

Rio Grande do Sul 247 - Em vídeo publicado nas redes sociais, a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) comentou as manifestações de ódio recebidas após  ter sofrido um assalto na última quarta-feira (27), em Porto Alegre. Ela começa agradecendo as manifestações de solidariedade enviadas por internautas depois do incidente de violência na capital gaúcha.

A parlamentar gaúcha, no entanto, lamentou os ataques sofridos nas redes sociais. "Todas essas fake news e manifestações de ódio nos são dirigidas pelas causas que defendemos. Essas manifestações de ódio, não raro, também configuram crimes", diz Maria do Rosário. Para ela, esse tipo de crime se aproveita da boa fé ou da falta de informação das pessoas.

Maria do Rosário diz que por mais que existam pessoas e robôs que promovem o ódio no Brasil, "do nosso lado, há gente disposta a combater esse tipo de discurso - e sem receber nada em troca. Essas pessoas de bom coração são maioria e são mais fortes em nosso país", salienta a parlamentar.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247