Membros do PP divulgam nota contra nomeação de Adail Carneiro

Seis deputados estaduais e lideranças de 93 municípios cearenses divulgaram nota em apoio ao ex-presidente do PP no Ceará, Padre Zé Linhares, destituído do cargo em favor do deputado federal Adail Carneiro (foto). Os membros do partido entendem a substituição como prêmio ao deputado, que votou a favor do impeachment da presidente Dilma mesmo após fechar acordo com o governador Camilo Santana (PT) para votar contra

Seis deputados estaduais e lideranças de 93 municípios cearenses divulgaram nota em apoio ao ex-presidente do PP no Ceará, Padre Zé Linhares, destituído do cargo em favor do deputado federal Adail Carneiro (foto). Os membros do partido entendem a substituição como prêmio ao deputado, que votou a favor do impeachment da presidente Dilma mesmo após fechar acordo com o governador Camilo Santana (PT) para votar contra
Seis deputados estaduais e lideranças de 93 municípios cearenses divulgaram nota em apoio ao ex-presidente do PP no Ceará, Padre Zé Linhares, destituído do cargo em favor do deputado federal Adail Carneiro (foto). Os membros do partido entendem a substituição como prêmio ao deputado, que votou a favor do impeachment da presidente Dilma mesmo após fechar acordo com o governador Camilo Santana (PT) para votar contra (Foto: Rodrigo Rocha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará247 - A nomeação do deputado federal Adail Carneiro como presidente do PP no Ceará continua rendendo insatisfação entre integrantes do partido. Seis deputados estaduais e lideranças de 93 municípios divulgaram nota oficial em apoio ao ex-presidente do partido no Estado, Padre Zé Linhares, destituído do cargo em favor do deputado após a votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara Federal.  

Na nota, o grupo se diz surpreso com a intervenção nacional na legenda. “O comando partidário no Estado não adotou posicionamento contrário a qualquer determinação da executiva nacional do PP, tendo sido informada sobre a intervenção pela imprensa”, escrevem os parlamentares. A nota é assinada pelos deputados Bruno Pedrosa, Fernando Hugo, Leonardo Pinheiro, Lucílvio Girão, Walter Cavalcante e Zé Ailton Brasil.

A substituição é vista entre os pepistas como um prêmio à “traição” de Adail Carneiro, que fechou acordo com o governador Camilo Santana (PT) para votar contra o impeachment, mas acabou se posicionando a favor, seguindo a orientação nacional do partido.

(Com informações do jornal O Povo)

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247