Mesmo sem prévias, Doria vai tentar se impor sobre Alckmin

Se o PSDB optar por prévias para decidir o candidato à presidência em 2018, o prefeito de São Paulo, João Doria, assegura que não disputará a vaga com seu padrinho político, o governador Geraldo Alckmin; o prefeito não descarta, no entanto, a possibilidade de ser candidato

São Paulo - O governador Geraldo Alckmin e o prefeito João Dória tomam café após a assinatura de repasse do Fundo Estadual de Assistência Social para a prefeitura (Rovena Rosa/Agência Brasil)
São Paulo - O governador Geraldo Alckmin e o prefeito João Dória tomam café após a assinatura de repasse do Fundo Estadual de Assistência Social para a prefeitura (Rovena Rosa/Agência Brasil) (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 – Caso o PSDB opte por prévias para decidir o candidato do partido à presidência da República em 2018, o prefeito de São Paulo, João Doria, assegura que não disputará a vaga com o governador Geraldo Alckmin.

"Prévias com o governador Geraldo Alckmin não disputarei, eu tenho lealdade e amizade. E em nome dos dois fatores, 37 anos de relacionamento (com Alckmin), e o aprendizado com o meu pai de ser leal e correto, me impedem sob qualquer hipótese de disputar prévias com o governador Geraldo Alckmin. Não há a menor possibilidade", disse Doria.

O prefeito não descartou, no entanto, a possibilidade de ser candidato.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247