Militantes anti-Lula são presos com arma em Salvador

Manifestantes anti-Lula atiraram para o alto durante a passagem da van do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por Salvador até o metrô da capital baiana; Adjalbas Pereira, que se identificou como policial militar, foi detido pela Policia Militar baiana; ele e outros cinco manifestantes discutiram com petistas no metrô de Salvador

17/08/2017- Bahia- A VIAGEM DO EX-PRESIDENTE PELO NORDESTE- Lula chega a Bahia Foto: Ricardo Stuckert
17/08/2017- Bahia- A VIAGEM DO EX-PRESIDENTE PELO NORDESTE- Lula chega a Bahia Foto: Ricardo Stuckert (Foto: Charles Nisz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Cinco militantes anti-Lula foram detidos pela Polícia Militar da Bahia na noite desta quinta-feira (17) em Salvador após um deles sacar uma arma durante a chegada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à capital baiana. Adjalbas Pereira, após ser detido, se identificou como policial.

De acordo com o major da Polícia Militar responsável pela segurança do ato, Pereira será examinado para confirmar se partiu dele o disparo para o alto no momento em que a van de Lula passava diante do quinteto. O grupo carregava faixas em favor de intervenção militar no Brasil. Lula chegou a Salvador às 16h30. O ex-presidente viajou na cabine do condutor do trem no metrô até a Arena Fonte Nova. No trajeto, um grupo exibia faixas contra o ex-presidente. Policiais cercaram os manifestantes para que não houvesse confronto com apoiadores de Lula.

Conforme o relato dos policiais militares, Pereira sacou a arma. Ele e Marcelo Vasconcelos, que se intitula blogueiro, haviam discutido com apoiadores de Lula dentro da estação do metrô onde Lula era aguardado. Na Fonte Nova, outro militante anti-Lula foi detido por porte de arma. Ele e cerca de 30 manifestantes anti-Lula faziam um protesto em frente ao estádio. Carregando um boneco do ex-presidente, o manifestante armado gritava no sistema de som que todos de vermelho eram vagabundos.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email