Monte Carlo tem sua primeira final suíça

Roger Federer e Stanislas Wawrinka (foto) se enfrentam na disputa pelo título do primeiro Masters Series do saibro em 2014

IMAGE RESTRICTED TO EDITORIAL USE - STRICTLY NO COMMERCIAL USE Stanislas Wawrinka of Switzerland celebrates beating Tomas Berdych of the Czech Republic in their men's singles match on day 11 of the 2014 Australian Open tennis tournament in Melbourne on Ja
IMAGE RESTRICTED TO EDITORIAL USE - STRICTLY NO COMMERCIAL USE Stanislas Wawrinka of Switzerland celebrates beating Tomas Berdych of the Czech Republic in their men's singles match on day 11 of the 2014 Australian Open tennis tournament in Melbourne on Ja (Foto: Leonardo Attuch)

MONTE CARLO, 19 Abr (Reuters) - Roger Federer derrotou o contundido Novak Djokovic por 7-5 e 6-2 neste sábado, preparando uma final suíça para o Masters de Monte Carlo com Stanislas Wawrinka, que eliminou David Ferrer em 6-1 e 7-6 (3) na primeira semi-final do dia.

Djokovic resistiu durante um set até a dor em seu pulso direito se tornar forte demais para o sérvio e segundo cabeça de chave suportar. Ele se entregou no primeiro match point depois de uma hora e 14 minutos de jogo.

O embate longamente aguardado fez jus às expectativas logo no início, quando Federer, que tem 17 títulos de Grand Slam, salvou dois set points.

Federer, que nunca conquistou o Masters de Monte Carlo, quebrou o saque do rival no game seguinte e levou o set com um ace. Djokovic foi se sentar segurando o pulso direito, já enfaixado.

O segundo set foi um passeio para o suíço, que produziu uma série de winners de direita e chegou a 18 vitórias contra 16 derrotas diante de Djokovic.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247