MST ocupa praça da Justiça por Lula Livre

Desde o início da manhã de hoje, militantes do Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST) estão montando acampamento na praça da Justiça, em frente à sede da Justiça Federal, em Fortaleza, em uma manifestação contra a prisão do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva

Desde o início da manhã de hoje, militantes do Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST) estão montando acampamento na praça da Justiça, em frente à sede da Justiça Federal, em Fortaleza, em uma manifestação contra a prisão do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva
Desde o início da manhã de hoje, militantes do Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST) estão montando acampamento na praça da Justiça, em frente à sede da Justiça Federal, em Fortaleza, em uma manifestação contra a prisão do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - Desde o início da manhã de hoje, militantes do Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST) estão ocupando a praça da Justiça, em frente à sede da Justiça Federal, em Fortaleza, em uma manifestação contra a prisão do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva. 

Ao saber da ocupação, muitas pessoas já acorreram à praça para apoiar a ação.

Durante toda a manhã será instalada a infraestrutura necessária, com tendas, banheiros químicos e cozinha comunitária.

À tarde, o acampamento será instalado oficialmente e reforçado com militantes das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo que marcharão da Praça da Bandeira até a Praça da Justiça. 

Até o dia 17 haverá programação permanente no acampamento para denunciar a arbitrariedade da prisão política do ex-presidente Lula. 

Confira o vídeo  

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247