Mulher morre no Arizona após ser atingida por carro do Uber com direção autônoma

O acidente ocorrido em Tempe, no Arizona, marca a primeira fatalidade causada por um carro automatizado, que ainda está sendo testado em todo o mundo, e pode minar os esforços para acelerar a adoção da nova tecnologia nos EUA.

Mulher morre no Arizona após ser atingida por carro do Uber com direção autônoma
Mulher morre no Arizona após ser atingida por carro do Uber com direção autônoma
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(Reuters) - Uma mulher morreu em decorrência dos ferimentos que sofreu ao ser atingida por um veículo com direção autônoma do Uber no Estado norte-americano do Arizona, informou a polícia nesta segunda-feira, e a empresa de serviços de transporte compartilhado disse ter suspendido seu programa de veículos autônomos nos Estados Unidos e no Canadá.

O acidente ocorrido em Tempe, no Arizona, marca a primeira fatalidade causada por um carro automatizado, que ainda está sendo testado em todo o mundo, e pode minar os esforços para acelerar a adoção da nova tecnologia nos EUA.

No momento do acidente, que aconteceu na madrugada de domingo para segunda-feira, o carro estava no modo autônomo com um operador atrás do volante, disse a polícia de Tempe.

“O veículo seguia para o norte... quando uma pedestre fora da faixa cruzou do oeste para o leste, quando foi atingida pelo veículo do Uber”, disse a polícia em um comunicado.

Um porta-voz do Uber Technologies disse que a empresa está suspendendo seus testes norte-americanos. Em um tuíte, o Uber expressou seus pêsames e disse estar cooperando com as autoridades.

Por Alexandria Sage

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247