Mulheres bancárias realizarão ato de repúdio a Bolsonaro

Na convocatória as bancárias se dizem "chocadas com a postura, indecorosa, inaceitável e criminosa desse deputado Jair Bolsonaro, por ocasião da votação do impeachment da Presidente Dilma e também de outras vezes em que tem disseminado o ódio, o racismo e o preconceito contra mulheres, homossexuais e negros". O ato "Para que não se esqueça e para que nunca mais aconteça" está marcado para o dia 6 de maio, no Sindicato dos Bancários, em Fortaleza

Na convocatória as bancárias se dizem "chocadas com a postura, indecorosa, inaceitável e criminosa desse deputado Jair Bolsonaro, por ocasião da votação do impeachment da Presidente Dilma e também de outras vezes em que tem disseminado o ódio, o racismo e o preconceito contra mulheres, homossexuais e negros". O ato "Para que não se esqueça e para que nunca mais aconteça" está marcado para o dia 6 de maio, no Sindicato dos Bancários, em Fortaleza
Na convocatória as bancárias se dizem "chocadas com a postura, indecorosa, inaceitável e criminosa desse deputado Jair Bolsonaro, por ocasião da votação do impeachment da Presidente Dilma e também de outras vezes em que tem disseminado o ódio, o racismo e o preconceito contra mulheres, homossexuais e negros". O ato "Para que não se esqueça e para que nunca mais aconteça" está marcado para o dia 6 de maio, no Sindicato dos Bancários, em Fortaleza (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 -  As mulheres bancárias de Fortaleza estão programando um ato de repúdio ao deputado Jair Bolsonaro, no próximo dia 6 de maio, na sede do Sindicato dos Bancários do Ceará. O evento está sendo organizado pelo coletivo de mulheres da Secretaria de Igualdade e Diversidade do Sindicato dos Bancários. O ato é uma resposta a postura do deputado que tem "disseminado o ódio, o racismo e o preconceito contra mulheres, homossexuais e negros".

 

O evento foi denominado "Para que não se esqueça e para que nunca mais aconteça". Segundo a secretária de e Igualdade e Diversidade, Rita Ferreira, a postura de Bolsonaro em homenagear o torturador da presidenta Dilma Rousseff gerou indignação das mulheres da categoria. "Não é possível que se deixe naturalizar este tipo de comportamento. Mesmo com a luta maior contra o golpe, não podemos deixar esse tipo de postura se naturalizar".

 

Durante o ato será prestada uma homenagem às pessoas que foram torturadas na ditadura e também será entregue um manifesto à Procuradoria da República para que tome providências contra as posturas preconceituosas do deputado. Na convocatória as bancárias se dizem "chocadas com a postura , indecorosa, inaceitável e criminosa desse deputado Jair Bolsonaro, por ocasião da votação do impeachment da Presidente Dilma e também de outras vezes em que tem disseminado o ódio , o racismo e o preconceito contra mulheres, homossexuais e negros".

 

Bolsonaro tem se tornado ídolo de grupos de ultra direita fascistas com declarações que agridem e ferem, muitas vezes, a própria Constituição, como na votação do processo de admissibilidade do impeachment da presidenta Dilma Rousseff, quando homenageou o torturador da ditadura militar brasileira, Coronel Ulstra. Em relação às mulheres, Bolsonaro já ameaçou deputada de estupro e já disse que mulher deve receber salários menores que os homens porque engravidam, entre outros absurdos. A Ordem dos Advogados do Rio de Janeiro já deu entrada num pedido de cassação do mandato de Bolsonaro junto à mesa da Câmara Federal.

 

 

 

 

 

 

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email