Museu da PUC Minas é fechado depois do incêndio

Fogo destruiu réplicas, cenários, fiações e pisos, mas o acervo das oito coleções científicas e reservas técnicas, que são a base de todo o trabalho do museu, não foi atingido

Museu da PUC Minas é fechado depois do incêndio
Museu da PUC Minas é fechado depois do incêndio
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - O Museu de Ciências Naturais da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), no campus Coração Eucarístico, na Região Noroeste de Belo Horizonte, está fechado por tempo indeterminado a partir desta quarta-feira (23). O imóvel foi parcialmente atingido por um incêndio. Ainda não sabe qual a extensão do prejuízo e quais réplicas ou fósseis foram queimados. As causas do fogo ainda não foram determinadas. A Polícia Civil faz perícia nesta manhã para investigar o ocorrido.

O fogo destruiu réplicas, cenários, fiações e pisos, mas que no momento era impossível dizer exatamente o que foi perdido. O incidente aconteceu no fim da tarde desta terça-feira (22). De acordo com a assessoria de imprensa da universidade, as chamas começaram por volta das 18h e não houve feridos.

O Corpo de Bombeiros controlou o incêndio em 40 minutos e fez o trabalho de rescaldo e ventilação. O fogo atingiu o segundo andar onde estavam exposições sobre a vida do paleontólogo e naturalista Peter W. Lund, sobre a Era Pleistoceno e sobre a Vida no Cerrado. O corpo do gorila Idi Amin, que está em processo de taxidermia (empalhamento), não foi afetado. O primeiro e terceiro andares também não foram queimados.

No terceiro andar estão exposições sobre fauna exótica e vida na água. No primeiro pavimento há exposições de répteis, dinossauros e arqueológica. O fogo destruiu réplicas, mas o acervo das oito coleções científicas e reservas técnicas, que são a base de todo o trabalho do museu, não foi atingido. A estrutura do prédio também não foi danificada, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247