Negromonte: Peixoto foi vítima de "briga interna"

Ex-ministro das Cidades, o deputado federal e presidente do PP na Bahia, Mário Negromonte, sai em defesa de seu ex-chefe de gabinete Cássio Peixoto sobre acusações de que se reunia com lobistas para facilitar relação com o governo; "As denúncias vazias foram fruto de uma briga política dentro do Partido Progressista"; Peixoto foi nomeado presidente da BahiaPesca pelo governador Jaques Wagner

Negromonte: Peixoto foi vítima de "briga interna"
Negromonte: Peixoto foi vítima de "briga interna" (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247

Repercutiu de forma negativa a decisão do governador Jaques Wagner (PT) de nomear Cássio Peixoto para a presidência da BahiaPesca, órgão de segundo escalão da máquina estadual.

Peixoto foi era chefe de gabinete do Ministério das Cidades na curta gestão de um ano do deputado federal e presidente do PP na Bahia, Mário Negromonte, e foi exonerado após a descoberta de que participava de reuniões com lobistas.

Em nota ao site Política Livre, o ex-ministro partiu em defesa incondicional do correligionário. Abaixo os esclarecimentos enviados pela assessoria de Negromonte.

1. As denúncias vazias contra Cássio Peixoto foram fruto de uma briga política interna dentro do Partido Progressista;

2. O servidor não responde a nenhum processo e não existe nenhuma denúncia de qualquer órgão público contra ele, portanto as denúncias foram comprovadamente vazias;

3. A exoneração se deu única e exclusivamente por o Ministro na época (deputado Mario Negromonte) entender que a exposição do servidor, por conta das denúncias vazias, estava afetando o servidor em nível pessoal e o Ministro sabedor que, devido a sua lealdade, ele não pediria exoneração, quis deixá-lo à vontade;

4. O Partido Progressista da Bahia indicou o servidor para o cargo de presidente da Bahia Pesca por entender que se trata de um técnico competente, cuja carreira de servidor público é conhecida por todos na Bahia, e o Governador acatou a indicação porque conhece os atributos de Cássio Peixoto, e tem conhecimento de que houve um jogo político que afetou a sua permanência no Ministério das Cidades;

5. O servidor Cássio Peixoto goza da inteira confiança do Partido Progressista da Bahia.

Assessoria de Comunicação do deputado federal Mário Negromonte - Presidente do PP na Bahia

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247