Nível do Guaíba volta a preocupar Porto Alegre

Mesmo com a chuva dando uma trégua o nível do Guaíba voltou a subir, atingindo a marca de 2,82 m, o que o deixa próximo de transbordar na altura do Cais do Mauá; quando atingiu sua maior marca desde a enchente histórica de 1941, o volume do lago alcançou 2,9 m  

Mesmo com a chuva dando uma trégua o nível do Guaíba voltou a subir, atingindo a marca de 2,82 m, o que o deixa próximo de transbordar na altura do Cais do Mauá; quando atingiu sua maior marca desde a enchente histórica de 1941, o volume do lago alcançou 2,9 m
 
Mesmo com a chuva dando uma trégua o nível do Guaíba voltou a subir, atingindo a marca de 2,82 m, o que o deixa próximo de transbordar na altura do Cais do Mauá; quando atingiu sua maior marca desde a enchente histórica de 1941, o volume do lago alcançou 2,9 m   (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sul 21 - Mesmo com a chuva dando uma trégua nesta sexta-feira (16), o nível do Guaíba voltou a subir, atingindo a marca de 2,82 m, o que o deixa próximo de transbordar na altura do Cais do Mauá. Na segunda-feira (12), quando atingiu sua maior marca desde a enchente histórica de 1941, o volume do lago alcançou a marca de 2,9 m.

De acordo com o Metroclima, órgão vinculado ao Centro Integrado de Comando (CEIC) de Porto Alegre, antes do temporal do fim da quarta-feira (14), o nível do Guaíba tinha recuado para 2,56 m. Na quinta, após novas chuvas, o volume atingiu a marca de 2,64 m, mas posteriormente ainda voltou a recuar a 2,59 m.

Contudo, voltou a subir a partir da tarde de ontem em virtude da grande quantidade de chuva sobra as bacias que alimentam o lago localizadas em um raio de 100 a 150 km ao redor da capital. As regiões do Vale do Rio Pardo e do Vale do Sinos registraram mais de 100 mm de chuva entre quarta e quinta. Em um intervalo de 24h, foram mais de 108,2 mm de precipitação em São Leopoldo, o maior volume desde que as medições começaram a ser feitas em 1987 – o recorde anterior era de 94,5 mm em 8 de outubro de 2005.

Em razão dessas chuvas, o Guaíba começou a subir lentamente, mas de forma de constante. Segundo a medição do Metroclima, às 5h, estava na marca dos 2,72 m. O nível de 2,82 m foi alcançado na medição das 14h08. Na medição realizada na Ilha da Pintada às 14h03, o nível do Guaíba atingiu a marca de 2,3 m, a mesma da última segunda-feira.

O Metroclima ainda alerta que o nível do Guaíba deve permanecer elevado nas próximas semanas, o que deverá impedir que moradores das ilhas que foram obrigados a deixar suas cadas possam retomar suas rotinas normais. Há previsão de novos temporais entre terça e quarta da próxima semana, com a possibilidade de voltar a superar os 100 mm em pontos das bacias que alimentam o Guaíba. Também está previsto vários dias de vento Sul, o que ajuda a provocar as cheias do lago.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email