Novos ônibus terão entrada pela porta dianteira

Como resultado do edital da licitação do serviço de transporte público de Salvador, 700 ônibus mais novos e modernos estarão circulando pelas ruas a partir de janeiro próximo; os veículos vão substituir parte da antiga frota, cuja idade média de uso é de oito anos; os novos ônibus já chegarão 100% adaptados para atender a pessoas com deficiência e terão a entrada de passageiros pela porta dianteira, invertendo o funcionamento atual do sistema

Como resultado do edital da licitação do serviço de transporte público de Salvador, 700 ônibus mais novos e modernos estarão circulando pelas ruas a partir de janeiro próximo; os veículos vão substituir parte da antiga frota, cuja idade média de uso é de oito anos; os novos ônibus já chegarão 100% adaptados para atender a pessoas com deficiência e terão a entrada de passageiros pela porta dianteira, invertendo o funcionamento atual do sistema
Como resultado do edital da licitação do serviço de transporte público de Salvador, 700 ônibus mais novos e modernos estarão circulando pelas ruas a partir de janeiro próximo; os veículos vão substituir parte da antiga frota, cuja idade média de uso é de oito anos; os novos ônibus já chegarão 100% adaptados para atender a pessoas com deficiência e terão a entrada de passageiros pela porta dianteira, invertendo o funcionamento atual do sistema (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Como resultado do edital da licitação do serviço de transporte público de Salvador, 700 ônibus mais novos e modernos estarão circulando pelas ruas a partir de janeiro próximo. Os veículos vão substituir parte da antiga frota, cuja idade média de uso é de oito anos. Os novos ônibus já chegarão 100% adaptados para atender a pessoas com deficiência e terão a entrada de passageiros pela porta dianteira, invertendo o funcionamento atual do sistema, onde público tem acesso pela parte traseira.

De acordo com a Secretaria Municipal de Urbanismo e Transporte (Semut), 170 veículos já chegaram à cidade e o restante está vindo aos poucos. Eles vão passar por um cadastramento na Transalvador, antes de ser incorporados progressivamente à frota até o final de janeiro. Hoje, a frota da cidade é de cerca de 2,5 mil ônibus.

Enquanto os 700 serão substituídos em janeiro, os demais sairão das ruas progressivamente, começando pelos mais antigos até os mais novos. Com isso, a partir de 2015, a idade máxima passará a ser 3,5 anos.

A entrada dos passageiros dos novos coletivos será pela parte da frente com os seguintes objetivos: aumentar a segurança do motorista e do cobrador, que ficarão mais próximos; elevar o controle em relação à evasão de pagamento; e seguir o padrão de todo o resto do país, pois Salvador é um dos poucos lugares onde o passageiro ainda entra pela parte traseira do veículo.

Ainda segundo a Semut, os demais ônibus serão adaptados gradativamente e terão 100% de acesso frontal no prazo de 12 meses.

Mais moderna e eficiente, a nova frota será equipada com motor Euro V (cinco), que emite muito menos poluentes do que a atual, que possui motor Euro III. Os coletivos passam a ter novo layout. Serão apenas três cores e cada uma delas vai atuar numa área da cidade.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247