Núcleo de Feminicídio dom PI recebe prêmio de inovação nacional

O Núcleo de Estudos e Pesquisa em Violência de Gênero, da Secretária de Estado da Segurança do Piauí, recebeu o Selo FBSP de práticas inovadoras 2017; o prêmio é uma iniciativa do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que tem por objetivo reconhecer as práticas desenvolvidas pelas instituições policiais que possuem potencial de transformação em cenários de vulnerabilidade à violência, disseminando o conhecimento para profissionais do setor de segurança pública

O Núcleo de Estudos e Pesquisa em Violência de Gênero, da Secretária de Estado da Segurança do Piauí, recebeu o Selo FBSP de práticas inovadoras 2017; o prêmio é uma iniciativa do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que tem por objetivo reconhecer as práticas desenvolvidas pelas instituições policiais que possuem potencial de transformação em cenários de vulnerabilidade à violência, disseminando o conhecimento para profissionais do setor de segurança pública
O Núcleo de Estudos e Pesquisa em Violência de Gênero, da Secretária de Estado da Segurança do Piauí, recebeu o Selo FBSP de práticas inovadoras 2017; o prêmio é uma iniciativa do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que tem por objetivo reconhecer as práticas desenvolvidas pelas instituições policiais que possuem potencial de transformação em cenários de vulnerabilidade à violência, disseminando o conhecimento para profissionais do setor de segurança pública (Foto: Leonardo Lucena)

Por Pablo Cavalcante

O Núcleo de Estudos e Pesquisa em Violência de Gênero, da Secretária de Estado da Segurança do Piauí, recebeu o Selo FBSP de práticas inovadoras 2017. O prêmio é uma iniciativa do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, que tem por objetivo reconhecer as práticas desenvolvidas pelas instituições policiais que possuem potencial de transformação em cenários de vulnerabilidade à violência, disseminando o conhecimento para profissionais do setor de segurança pública. Este ano, o Fórum selecionou iniciativas de enfrentamento à violência contra as mulheres nas suas mais variadas formas.

O projeto desenvolvido no Piauí faz parte de uma política de investimento em qualificação em segurança. Dentre as ações do núcleo se destacam o estudo do feminicídio e as políticas que decorreram dele, como a qualificação de estatísticas criminais e a criação do mapa do feminicídio.

“O que nosso trabalho demonstra é que as pesquisas é que vão selecionar as políticas de segurança, qualificar as estatísticas criminais, o trabalho de prevenção e desenvolvimento de metodologias. Nós ganhamos em cima dessas práticas, que são únicas no Brasil”, destaca a Delegada Eugênia Villa.

Além da experiência piauiense, outros dois projetos foram selecionados para receber o selo. A cerimônia de premiação será realizada nesta quarta, dia 8 de março, em São Paulo.

O Selo também dará origem a uma Casoteca Digital, uma coleção online de casos de sucesso, visando promover o conhecimento e a multiplicação das boas práticas desenvolvidas em território nacional.

 
 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247