Número de empregos formais é positivo em AL

Depois de sete meses registrando índices negativos, Alagoas apresentou pela primeira vez, em agosto, saldo positivo em relação ao emprego formal; número de contratações foi maior que o de desligamentos; foram 11.215 trabalhadores admitidos contra 8.710 desempregados, significando um aumento de 0,74 em relação ao estoque de emprego formal do mês de julho deste ano; setores que contribuíram  para o resultado foram: a Indústria de transformação, a agropecuária e por último o de serviços 

O MPT-RJ (Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro) entrou com ação civil pública pedindo que todos os selecionados para o programa de trabalho voluntário da Fifa para a Copa do Mundo sejam contratados com carteira de trabalho assinada.
O MPT-RJ (Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro) entrou com ação civil pública pedindo que todos os selecionados para o programa de trabalho voluntário da Fifa para a Copa do Mundo sejam contratados com carteira de trabalho assinada. (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pinehas Furtado/agenciaalagoas - Após sete meses com índices negativos, Alagoas apresenta pela primeira vez no ano um saldo positivo em relação ao emprego formal. No mês de agosto, o Estado teve um quadro de recuperação apontando um número de contratações maior que o de desligamentos. Foram 11.215 trabalhadores admitidos contra 8.710 desempregados, significando um aumento de 0,74 em relação ao estoque de emprego formal do mês de julho deste ano.

Os dados foram analisados pelo Observatório do Trabalho, setor ligado à Secretaria de Estado do Trabalho e Emprego, com base no relatório do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado recentemente pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

Três foram os setores que tiveram destaque contribuindo para o resultado positivo do mercado formal no Estado. O primeiro foi o da Indústria de transformação com um saldo de 3.273 admitidos. Em seguida vem o setor de Agropecuária com saldo de 176 admissões e por último o de serviços com um saldo de 98 contratações.

"Apesar de ser um resultado ainda pouco expressivo, o saldo positivo mostra sinais de recuperação da economia alagoana, o que expressa uma tendência para os próximos meses e dá a certeza que a política do Governo de Alagoas está no caminho certo", declarou Rafael Brito, secretário de Trabalho e Emprego.

Ele ressaltou ainda que o Governo, por meio da Secretaria do Trabalho, vem contribuindo de forma direta com políticas específicas para estimular e reforçar a relação institucional entre empregadores e empregados a fim de que se possa superar a crise recessiva que afeta o emprego no Estado.

"Estamos atentos a todas as variações que o mercado apresenta e cumprindo a missão determinada pelo governador Renan Filho de minimizar os efeitos da crise para o trabalhador alagoano, oferecendo a ele oportunidades de geração de renda", afirmou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247