OAB: Ohofugi critica apoio de Ercílio a Gedeon

Pré-candidato à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins (OAB-TO) Walter Ohofugi criticou nesta segunda-feira, 19, a desistência do pré-candidato Ercílio Bezerra para apoiar Gedeon Pitaluga na eleição da Ordem; "Essa aliança mostra que eles fazem qualquer coisa para se manterem no poder", disparou Ohofugi; presidente da OAB em duas oportunidades e conselheiro federal em outras duas, Bezerra desistiu de tentar ser novamente presidente, será candidato à reeleição ao conselho e vai respaldar Pitaluga

Pré-candidato à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins (OAB-TO) Walter Ohofugi criticou nesta segunda-feira, 19, a desistência do pré-candidato Ercílio Bezerra para apoiar Gedeon Pitaluga na eleição da Ordem; "Essa aliança mostra que eles fazem qualquer coisa para se manterem no poder", disparou Ohofugi; presidente da OAB em duas oportunidades e conselheiro federal em outras duas, Bezerra desistiu de tentar ser novamente presidente, será candidato à reeleição ao conselho e vai respaldar Pitaluga
Pré-candidato à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins (OAB-TO) Walter Ohofugi criticou nesta segunda-feira, 19, a desistência do pré-candidato Ercílio Bezerra para apoiar Gedeon Pitaluga na eleição da Ordem; "Essa aliança mostra que eles fazem qualquer coisa para se manterem no poder", disparou Ohofugi; presidente da OAB em duas oportunidades e conselheiro federal em outras duas, Bezerra desistiu de tentar ser novamente presidente, será candidato à reeleição ao conselho e vai respaldar Pitaluga (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - O pré-candidato à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins (OAB-TO) Walter Ohofugi criticou nesta segunda-feira, 19, a desistência do pré-candidato Ercílio Bezerra para apoiar Gedeon Pitaluga na eleição da Ordem.

Presidente da OAB em duas oportunidades e conselheiro federal em outras duas, Bezerra desistiu de tentar ser novamente presidente, será candidato à reeleição ao conselho e vai respaldar Pitaluga.

"Essa aliança mostra que eles fazem qualquer coisa para se manterem no poder. Eles tratam a OAB e as entidades representativas como uma plataforma de projeto pessoal", destacou Ohofugi. 

Para Ohofugi, a aliança entre Bezerra e Pitaluga representa o "sucesso dos velhos conchavos sem qualquer coerência com o discurso" ventilado há "menos de um mês". "Lembramos que os mesmos que agora firmam a aliança se criticavam visceralmente há pouco tempo e anunciavam o conchavo de nosso grupo com outras forças, inclusive com as deles. Essa é a experiência que os advogados não querem mais", criticou. 

Leia também: Ercílio Bezerra sai da disputa e declara apoio a Gedeon

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247