Ocupação hoteleira no Sertão de AL é de 80% no feriadão

Mesmo durante um período considerado de baixa temporada, a ocupação hoteleira média em Alagoas alcança 72%, com regiões como o Alto Sertão registrando 80% dos leitos ocupados; índice registrado neste período de 2018 é 12% maior do que no ano passado, quando a ocupação foi de 60% nesta data

Mesmo durante um período considerado de baixa temporada, a ocupação hoteleira média em Alagoas alcança 72%, com regiões como o Alto Sertão registrando 80% dos leitos ocupados; índice registrado neste período de 2018 é 12% maior do que no ano passado, quando a ocupação foi de 60% nesta data
Mesmo durante um período considerado de baixa temporada, a ocupação hoteleira média em Alagoas alcança 72%, com regiões como o Alto Sertão registrando 80% dos leitos ocupados; índice registrado neste período de 2018 é 12% maior do que no ano passado, quando a ocupação foi de 60% nesta data (Foto: Voney Malta)

Thiago Tarelli/Agência Alagoas - Na comemoração do Dia do Trabalho, muita gente busca descansar. Mesmo durante um período considerado de baixa temporada, a ocupação hoteleira média em Alagoas alcança 72%, com regiões como o Alto Sertão, registrando 80% dos leitos ocupados. As informações são fruto de um levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas (ABIH/AL) e da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur).

O índice registrado neste período de 2018 é 12% maior do que no ano passado, quando a ocupação foi de 60% nesta data. Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, os dados revelam o bom momento da atividade turística em Alagoas.

"Acabamos de sair da melhor alta temporada dos últimos anos e estamos superando todos os índices do ano passado. Neste período de menor fluxo de turistas, conquistamos um fretamento inédito para estes meses, como o voo direto de Córdoba para Maceió, isso mostra a força do setor em Alagoas. Este dado da ocupação hoteleira é ainda mais relevante, tendo em vista que estamos crescendo em média de ocupação, mesmo com uma oferta maior de leitos. Outro fator importante que devemos destacar é boa ocupação em regiões como o Alto Sertão de Alagoas, onde o turismo se consolida como uma grande fonte de renda e emprego para a população em cidades como Piranhas e Delmiro Gouveia", explica o secretário Rafael Brito.

Expansão da rede hoteleira

Ainda de acordo com o secretário Rafael Brito, para a atração de novos hotéis, os incentivos concedidos pelo Governo do Estado têm sido essenciais. "Benefícios como o Prodesin, que concede incentivos fiscais para novos empreendimentos, é um grande diferencial a nível nacional. Junto aos bons índices de desembarque e de ocupação que estamos conseguindo manter, isso também colabora para que o Estado atraia investimentos na rede hoteleira", disse o secretário.

Em 2017 Alagoas foi o Estado que mais inaugurou hotéis no Nordeste e, somente neste ano, novos mil leitos já foram inaugurados no Estado.

Thiago Tarelli/Agência Alagoas - Na comemoração do Dia do Trabalho, muita gente busca descansar. Mesmo durante um período considerado de baixa temporada, a ocupação hoteleira média em Alagoas alcança 72%, com regiões como o Alto Sertão, registrando 80% dos leitos ocupados. As informações são fruto de um levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas (ABIH/AL) e da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur).

 

O índice registrado neste período de 2018 é 12% maior do que no ano passado, quando a ocupação foi de 60% nesta data. Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, os dados revelam o bom momento da atividade turística em Alagoas.

 

 

“Acabamos de sair da melhor alta temporada dos últimos anos e estamos superando todos os índices do ano passado. Neste período de menor fluxo de turistas, conquistamos um fretamento inédito para estes meses, como o voo direto de Córdoba para Maceió, isso mostra a força do setor em Alagoas. Este dado da ocupação hoteleira é ainda mais relevante, tendo em vista que estamos crescendo em média de ocupação, mesmo com uma oferta maior de leitos. Outro fator importante que devemos destacar é boa ocupação em regiões como o Alto Sertão de Alagoas, onde o turismo se consolida como uma grande fonte de renda e emprego para a população em cidades como Piranhas e Delmiro Gouveia”, explica o secretário Rafael Brito.

 

Expansão da rede hoteleira

 

Ainda de acordo com o secretário Rafael Brito, para a atração de novos hotéis, os incentivos concedidos pelo Governo do Estado têm sido essenciais. “Benefícios como o Prodesin, que concede incentivos fiscais para novos empreendimentos, é um grande diferencial a nível nacional. Junto aos bons índices de desembarque e de ocupação que estamos conseguindo manter, isso também colabora para que o Estado atraia investimentos na rede hoteleira”, disse o secretário.

 

Em 2017 Alagoas foi o Estado que mais inaugurou hotéis no Nordeste e, somente neste ano,  novos mil leitos já foram inaugurados no Estado.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247