Operação Ápia: Justiça prorroga prisão de Sandoval Lobo Cardoso

A Justiça Federal prorrogou por mais cinco dias a prisão temporária dos envolvidos na Operação Ápia, da PF; eles estão presos desde quinta-feira (13) e a reclusão venceria; entre os que estiveram a prisão temporária prorrogada estão o ex-governador Sandoval Cardoso, o ex-presidente da Agetrans Alvicto Ozores Nogueira, Kaká Nogueira; os empresários da construção civil Francisco Antélius Servulo Vaz (Epeng), Wilmar Oliveira de Bastos (EHL), Marcus Vinícius Lima Ribeiro, Marquinhos da Volcar (MLV) e Humberto Siqueira Nogueira (CSN Engenharia)

A Justiça Federal prorrogou por mais cinco dias a prisão temporária dos envolvidos na Operação Ápia, da PF; eles estão presos desde quinta-feira (13) e a reclusão venceria; entre os que estiveram a prisão temporária prorrogada estão o ex-governador Sandoval Cardoso, o ex-presidente da Agetrans Alvicto Ozores Nogueira, Kaká Nogueira; os empresários da construção civil Francisco Antélius Servulo Vaz (Epeng), Wilmar Oliveira de Bastos (EHL), Marcus Vinícius Lima Ribeiro, Marquinhos da Volcar (MLV) e Humberto Siqueira Nogueira (CSN Engenharia)
A Justiça Federal prorrogou por mais cinco dias a prisão temporária dos envolvidos na Operação Ápia, da PF; eles estão presos desde quinta-feira (13) e a reclusão venceria; entre os que estiveram a prisão temporária prorrogada estão o ex-governador Sandoval Cardoso, o ex-presidente da Agetrans Alvicto Ozores Nogueira, Kaká Nogueira; os empresários da construção civil Francisco Antélius Servulo Vaz (Epeng), Wilmar Oliveira de Bastos (EHL), Marcus Vinícius Lima Ribeiro, Marquinhos da Volcar (MLV) e Humberto Siqueira Nogueira (CSN Engenharia) (Foto: Leonardo Lucena)

Tocantins 247 - A Justiça Federal prorrogou por mais cinco dias a prisão temporária dos envolvidos na Operação Ápia, da Polícia Federal. Eles estão presos desde quinta-feira (13) e a reclusão venceria nesta segunda-feira (17).

Entre os que estiveram a prisão temporária prorrogada estão o ex-governador Sandoval Cardoso, o ex-presidente da Agetrans Alvicto Ozores Nogueira, Kaká Nogueira; os empresários da construção civil Francisco Antélius Servulo Vaz (Epeng), Wilmar Oliveira de Bastos (EHL), Marcus Vinícius Lima Ribeiro, Marquinhos da Volcar (MLV) e Humberto Siqueira Nogueira (CSN Engenharia).

A operação tem como objetivo desarticular uma organização criminosa que atuou no Tocantins supostamente fraudando licitações públicas e execução de contratos administrativos celebrados para a terraplanagem e pavimentação asfáltica em diversas rodovias estaduais. A estimativa da PF é que o prejuízo aos cofres públicos gire em torno de 25% dos valores das obras contratadas, o que representa aproximadamente R$ 200 milhões.

Estão presos na CPPP Sandoval Lobo Cardoso, ex-governador; Alvicto Ozores Nogueira, Kaká Nogueira, ex-presidente da Agetrans; Círio Caetano da Silva, membro da comissão de licitação; Francisco Antélius Servulo Vaz, diretor da Empresa Projetos de Engenharia (Epeng); Marcus Vinícius Lima Ribeiro, Marquinhos da Volcar, empresário da construção (MLV); Humberto Siqueira Nogueira, empresário da construção (CSN Engenharia); Wilmar Oliveira de Bastos, empresário da construção (EHL); Bruno Marques Rocha, ex-coordenador de Obras da Agetrans.

No Comando Geral da PM está Geraldo Magela Batista de Araújo, militar reformado. Ele também teve a prisão prorrogada

Em prisão domiciliar, por causa de problemas saúde, está Rossine Aires Guimarães, empresário da construção (CRT Construtora), que está em prisão domiciliar. Ele usa tornozeleira eletrônica. Também teve a prisão domiciliar prorrogada

Donizeth de Oliveira Veloso, fiscal de contratos da Agetrans, está foragidos.

Confira agora a lista dos liberados pela Justiça Federal:

1.Renilda Martins Rezende, membro da comissão de licitação
2.Ramilson Ferreira de Oliveira, membro da comissão de licitação
3.Pedro Olímpio Pereira Furtado Neto, fiscal de contratos da Agetrans
4. Luciano Nogueira Bertazzi Sobrinho, fiscal de contratos da Agetrans
5. Valdemiro Teixeira Aguiar, fiscal de contratos da Agetrans
6. Estemir de Souza Pereira, ex-diretor da Agetrans
7. Murilo Coury Cardoso, ex-subsecretário estadual da Infraestrutura e ex-vice-presidente da Agetrans
8. Jairo Arantes, engenheiro
9. Luciene da Silva Oliveira, funcionária da CRT Construção
10. Renato Hollunder, empresário da construção civil (Construtora Centro Minas, CCM)

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247