Paim lamenta racismo contra árbitro no RS

O senador Paulo Paim (PT-RS) lamentou o racismo contra o árbitro de futebol Márcio Chagas da Silva durante e após a partida entre o Esportivo e o Veranópolis, em Bento Gonçalves (RS), pelo Campeonato Gaúcho; depois do jogo, o juiz se deparou com o seu carro coberto por bananas; "Essa minoria que cometeu esse crime terá que responder pelo que fez. Somente pessoas covardes agem assim", criticou Paim

O senador Paulo Paim (PT-RS) lamentou o racismo contra o árbitro de futebol Márcio Chagas da Silva durante e após a partida entre o Esportivo e o Veranópolis, em Bento Gonçalves (RS), pelo Campeonato Gaúcho; depois do jogo, o juiz se deparou com o seu carro coberto por bananas; "Essa minoria que cometeu esse crime terá que responder pelo que fez. Somente pessoas covardes agem assim", criticou Paim
O senador Paulo Paim (PT-RS) lamentou o racismo contra o árbitro de futebol Márcio Chagas da Silva durante e após a partida entre o Esportivo e o Veranópolis, em Bento Gonçalves (RS), pelo Campeonato Gaúcho; depois do jogo, o juiz se deparou com o seu carro coberto por bananas; "Essa minoria que cometeu esse crime terá que responder pelo que fez. Somente pessoas covardes agem assim", criticou Paim (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Senado - O senador Paulo Paim (PT-RS) lamentou nesta sexta-feira (7) caso de racismo contra o árbitro de futebol Márcio Chagas da Silva durante e depois de partida entre o Esportivo e o Veranópolis, na quarta-feira (5), em Bento Gonçalves (RS), pelo Campeonato Gaúcho.

Ao fim do jogo, o árbitro Márcio Chagas da Silva se deparou com o seu carro coberto por bananas. Durante o jogo, ele relata ter sofrido com ofensas racistas. A notícia sobre o episódio foi lida pelo senador Eduardo Suplicy (PT-SP), em aparte durante o pronunciamento de Paim.

— Essa minoria que cometeu esse crime terá que responder pelo que fez. Somente pessoas covardes agem assim. Esse grupo de pessoas atrasadas e equivocadas não representa o povo de Bento Gonçalves e da Serra Gaúcha – criticou o senador.

Ao prestar solidariedade ao árbitro, o senador gaúcho lembrou episódios recentes de racismo no futebol como o ocorrido com o jogador do Cruzeiro, Tinga, que foi alvo de manifestações racistas da torcida peruana em jogo do clube mineiro contra o Real Garcilaso, pela Copa Libertadores da América.

— Dói, não por ter ocorrido no Rio Grande do Sul, mas por ter ocorrido no nosso país – disse Paim.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email