Para líder do DEM, Dilma é a "Rainha do Pibinho"

Deputado Mendonça Filho (PE) fez a classificação ao comentar o resultado do PIB no primeiro trimestre de 2014, um crescimento de 0,2% em relação ao quarto trimestre do ano passado; na comparação com o mesmo período do ano passado, o crescimento foi de 1,9%; "Está aí mais um prenúncio de que 2014 será outro ano perdido para a economia brasileira, o que consolida a presidente como a rainha do 'Pibinho' e da estagnação", disparou

Deputado Mendonça Filho (PE) fez a classificação ao comentar o resultado do PIB no primeiro trimestre de 2014, um crescimento de 0,2% em relação ao quarto trimestre do ano passado; na comparação com o mesmo período do ano passado, o crescimento foi de 1,9%; "Está aí mais um prenúncio de que 2014 será outro ano perdido para a economia brasileira, o que consolida a presidente como a rainha do 'Pibinho' e da estagnação", disparou
Deputado Mendonça Filho (PE) fez a classificação ao comentar o resultado do PIB no primeiro trimestre de 2014, um crescimento de 0,2% em relação ao quarto trimestre do ano passado; na comparação com o mesmo período do ano passado, o crescimento foi de 1,9%; "Está aí mais um prenúncio de que 2014 será outro ano perdido para a economia brasileira, o que consolida a presidente como a rainha do 'Pibinho' e da estagnação", disparou (Foto: Paulo Emílio)

Pernambuco 247 - O líder do DEM na Câmara dos Deputados, Mendonça Filho (PE), classificou a presidente Dilma Rousseff (PT) como "rainha do Pibinho", ao comentar o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre de 2014. De acordo com o parlamentar, os resultados são o anúncio de mais um ano de baixo crescimento para o País.

A pesquisa foi divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta sexta-feira (30), e aponta que o Brasil teve, no primeiro trimestre de 2014, um crescimento de 0,2% com relação ao quarto trimestre do ano passado. Na comparação entre o primeiro trimestre de 2013 e 2014, o crescimento foi de 1,9%.

"Está aí mais um prenúncio de que 2014 será outro ano perdido para a economia brasileira, o que consolida a presidente como a rainha do 'Pibinho' e da estagnação", criticou Mendonça, por meio de nota enviada à imprensa. "Seu quarto e último ano de mandato nos dá mais do mesmo: inflação em alta, desaceleração econômica, queda no consumo das famílias e endividamento da população", acrescentou.

O democrata também destacou que durante a administração da petista, em nenhuma pesquisa foi constatado um crescimento maior do que 2,7% para o País, e afirmou que a política econômica implementada pela presidente com base no consumo interno foi um fracasso. "O trabalhador perde renda por um lado pela inflação em alta, e perde pelo outro com essa política populista de crédito. E agora com essa série de aumentos nos juros reduzimos ainda mais o poder de compra do consumidor", declarou o parlamentar.

As afirmações de Mendonça fizeram coro com as críticas do líder do PSDB na Câmara, Antonio Imbassahy (BA). De acordo com o parlamentar, os resultados caracterizam uma "estagflação" brasileira. "O resultado da pesquisa aponta para uma estagflação: uma economia que não cresce e uma inflação que resiste. O ano já está comprometido. Há falta de rumo no governo e falta de confiança dos investidores, por isso a maioria da população quer mudança", declarou o parlamentar para o jornal O Globo.

Apesar das críticas, o resultado foi comemorado pelo líder do PT na Câmara, deputado Vincentinho (SP). "É uma ótima notícia, significa um crescimento seguro", afirmou, acrescentando que a queda no consumo pode significar que a população está "aprendendo a poupar".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247