Para Renan, desafio do secretário é manter ações na segurança

Durante a posse do secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Paulo Domingos de Araújo Lima Júnior, o governador Renan Filho (PMDB) disse que a missão do novo gestor é manter as ações desenvolvidas até agora que colaboraram para a redução da violência em Alagoas; "Para isso, o coronel vai manter as estratégias, unificando as polícias, aumentar a presença do policiamento nas ruas", explicou; o coronel substitui o promotor Alfredo Gaspar de Mendonça, que foi obrigado a entregar o cargo após orientação do Supremo Tribunal Federal (STF)

Durante a posse do secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Paulo Domingos de Araújo Lima Júnior, o governador Renan Filho (PMDB) disse que a missão do novo gestor é manter as ações desenvolvidas até agora que colaboraram para a redução da violência em Alagoas; "Para isso, o coronel vai manter as estratégias, unificando as polícias, aumentar a presença do policiamento nas ruas", explicou; o coronel substitui o promotor Alfredo Gaspar de Mendonça, que foi obrigado a entregar o cargo após orientação do Supremo Tribunal Federal (STF)
Durante a posse do secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Paulo Domingos de Araújo Lima Júnior, o governador Renan Filho (PMDB) disse que a missão do novo gestor é manter as ações desenvolvidas até agora que colaboraram para a redução da violência em Alagoas; "Para isso, o coronel vai manter as estratégias, unificando as polícias, aumentar a presença do policiamento nas ruas", explicou; o coronel substitui o promotor Alfredo Gaspar de Mendonça, que foi obrigado a entregar o cargo após orientação do Supremo Tribunal Federal (STF) (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - O governador Renan Filho (PMDB) disse à imprensa, na manhã desta segunda-feira (28), que a missão do novo secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Paulo Domingos de Araújo Lima Júnior, é manter as ações desenvolvidas até agora que colaboraram para a redução da violência em Alagoas. Por outro lado, o novo gestor afirmou que tem como maior desafio substituir o promotor de Justiça Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, que foi obrigado a entregar o cargo após orientação do Supremo Tribunal Federal (STF).

Com uma posse bastante concorrida e movimentada, no Salão Aquatune, no Palácio República dos Palmares, nesta segunda, o novo secretário de Segurança Pública prometeu que vai manter a sequência de atividades desenvolvidas pela gestão com o único propósito de diminuir ainda mais o nível de violência no estado.

"Meu maior desafio, é claro, será a substituição do doutor Alfredo Gaspar de Mendonça, que fez um excelente trabalho com as forças de segurança. Tenho, agora, o propósito de continuar a integração das polícias para reduzir os índices de criminalidade", ressaltou o coronel Lima Júnior. O novo secretário ainda destacou que vai manter o respeito aos policiais e que pretende se esforçar para aumentar o efetivo das instituições que integram a segurança pública. 

Já o governador Renan Filho revelou que o maior desafio de Lima Júnior neste cargo é continuar reduzindo a criminalidade e afastando ainda mais o estado do topo de mais violento do Brasil. "Para isso, o coronel vai manter as estratégias, unificando as polícias, aumentar a presença do policiamento nas ruas, melhorar a investigação, o que tem ajudado muito na celeridade dos julgamentos dos processos também", avalia.

Ele revelou que até esta terça-feira vai nomear o novo comandante-geral da Polícia Militar de Alagoas, para o lugar do coronel Lima Júnior. Um delegado da Polícia Civil será indicado para assumir o cargo de secretário adjunto de Segurança Pública. Entre os cotados está a delegada Luci Mônica, que é a delegada-geral adjunta da Polícia Civil.

De acordo com o governador, nos próximos dias serão lançados novos programas voltados à segurança e divulgados novos investimentos na área com recursos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). 

Com gazetaweb.com

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247