Parlamentares lançam frente em defesa dos bancos públicos

Deputados estaduais e vereadores de Fortaleza vão lançar a Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos do Estado do Ceará. O lançamento será na próxima sexta-feira (27), às 9 horas, durante uma Audiência Pública, na Câmara Municipal de Fortaleza, articulada em parceria com o Sindicato dos Bancários do Ceará e Central Única dos Trabalhadores do Ceará (CUT-CE). A proposta é enfrentar o desmonte dos bancos públicos que está sendo promovido pelo governo de Michel Temer   

Deputados estaduais e vereadores de Fortaleza vão lançar a Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos do Estado do Ceará. O lançamento será na próxima sexta-feira (27), às 9 horas, durante uma Audiência Pública, na Câmara Municipal de Fortaleza, articulada em parceria com o Sindicato dos Bancários do Ceará e Central Única dos Trabalhadores do Ceará (CUT-CE). A proposta é enfrentar o desmonte dos bancos públicos que está sendo promovido pelo governo de Michel Temer 
 
Deputados estaduais e vereadores de Fortaleza vão lançar a Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos do Estado do Ceará. O lançamento será na próxima sexta-feira (27), às 9 horas, durante uma Audiência Pública, na Câmara Municipal de Fortaleza, articulada em parceria com o Sindicato dos Bancários do Ceará e Central Única dos Trabalhadores do Ceará (CUT-CE). A proposta é enfrentar o desmonte dos bancos públicos que está sendo promovido pelo governo de Michel Temer    (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - Deputados estaduais e vereadores de Fortaleza vão lançar a Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos do Estado do Ceará. O lançamento será no próxima sexta-feira (27), às 9 horas, durante uma Audiência Pública, na Câmara Municipal de Fortaleza, articulada pelo Sindicato dos Bancários do Ceará e Central Única dos Trabalhadores do Ceará (CUT-CE).

Além dos parlamentares, participarão dos debates a integrante do Conselho de Administração da Caixa e coordenadora do Comitê Nacional em Defesa das Empresas Públicas, Rita Serrano e o presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (FENAE), Jair Pedro Ferreira. Também foram convidados para o evento todos os prefeitos e vereadores do Interior do Ceará. Os pequenos municípios são os mais prejudicados com a política de desmonte do governo de Michel Temer, com o fechamento das agências bancárias.

O desmonte dos bancos públicos promovido pelo governo de Temer fica evidente com os cortes no acesso ao crédito para a população, além da entrega de parte dos serviços à iniciativa privada. Para os bancários, os programas de desligamento voluntário promovidos na Caixa e a reestruturação no BB são indícios de um programa de privatização dos bancos públicos, que precariza o atendimento à população e sucateia as estruturas das instituições.

Outro indício dessa ameaça de privatização é a realização de estudos visando a incorporação do Banco do Nordeste ao Banco do Brasil e sobre a manutenção do Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FNE) no BNB.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247