Parque do Cerrado: associação é criada para impulsionar execução de projeto

Associação Amigos do Parque do Cerrado irá acompanhar e contribuir com a prefeitura de Goiânia para acompanhar o andamento de todos os passos necessários para que a obra inicie; parque será construído em parceria com a Euroamérica, que doará os insumos para execução do projeto; Parque do Cerrado será o maior de Goiânia, com 706 mil metros quadrados, área que corresponde ao tamanho de oito parques Vaca Brava ou cinco Parque Flamboyant; de acordo com a Amma, trata-se da segunda maior unidade de conservação da capital, perdendo apenas para o Jardim Botânico

Associação Amigos do Parque do Cerrado irá acompanhar e contribuir com a prefeitura de Goiânia para acompanhar o andamento de todos os passos necessários para que a obra inicie; parque será construído em parceria com a Euroamérica, que doará os insumos para execução do projeto; Parque do Cerrado será o maior de Goiânia, com 706 mil metros quadrados, área que corresponde ao tamanho de oito parques Vaca Brava ou cinco Parque Flamboyant; de acordo com a Amma, trata-se da segunda maior unidade de conservação da capital, perdendo apenas para o Jardim Botânico
Associação Amigos do Parque do Cerrado irá acompanhar e contribuir com a prefeitura de Goiânia para acompanhar o andamento de todos os passos necessários para que a obra inicie; parque será construído em parceria com a Euroamérica, que doará os insumos para execução do projeto; Parque do Cerrado será o maior de Goiânia, com 706 mil metros quadrados, área que corresponde ao tamanho de oito parques Vaca Brava ou cinco Parque Flamboyant; de acordo com a Amma, trata-se da segunda maior unidade de conservação da capital, perdendo apenas para o Jardim Botânico (Foto: Realle Palazzo-Martini)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - A comunidade que participou da elaboração do projeto do Parque do Cerrado, no início do ano, está se organizando para que a iniciativa saia do papel. Na última semana, o grupo fundou a Associação Amigos do Parque do Cerrado, organização que irá acompanhar e contribuir com a prefeitura nesta tarefa, de agora em diante.

A fundação aconteceu durante coquetel no estande do Europark, no bairro Lozandes, e contou com a participação do arquiteto que esteve à frente da elaboração compartilhada do projeto, Guilherme Takeda. Presidentes de entidades, como a Associação dos Arquitetos e Urbanistas de Goiás, a Federação Goiana de Ciclismo, o Sindicato da Indústria da Construção (Sinduscon), entre outros, estiveram presentes.

“Criamos um grupo sem bandeira partidária e amplo, para acompanhar o andamento de todos os passos necessários para que a obra inicie”, salientou Takeda.

O projeto básico do Parque do Cerrado foi entregue à prefeitura em abril, um mês após a sociedade civil ter sido convidada a expor suas sugestões e preferências para o projeto do Parque. A ideia é resultado de sugestões dos mais de 100 participantes das oficinas em 11 e 12 de março, denominadas de “charrettes”, um método colaborativo que vem sendo desenvolvido com mais intensidade nos Estados Unidos, para projetar grandes espaços públicos. No Brasil, Takeda tem sido um de seus principais aplicadores, e já a levou cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul.

O parque será construído em parceria com a Euroamérica, que doará os insumos para execução do projeto. A mão-de-obra ficará a cargo da prefeitura. Até o momento a execução ainda não começou porque aguarda a conclusão de trâmite burocrático na Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma).

Durante a fundação da associação, o diretor de áreas verdes da Agência, Wanderson Marinho, se comprometeu a se empenhar para que a licença de instalação seja concedida ainda no mês de outubro. Este é um dos documentos necessários para a execução do projeto. Mas ainda é preciso cumprir outros trâmites relacionados à licitação e convênios para se estabelecer o cronograma, informou o gerente de Projetos de Arquitetura e Engenharia Ambiental da Amma, Alisson Portela, que esteve no evento juntamente com o arquiteto Geovane Borges, que esteve à frente da gerência no primeiro semestre.

Criado pela Lei nº 9.360/2013, o Parque do Cerrado é o maior de Goiânia, com 706 mil metros quadrados, área que corresponde ao tamanho de oito parques Vaca Brava ou cinco Parque Flamboyant. Segundo dados da Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma), trata-se da segunda maior unidade de conservação da capital, perdendo apenas para o Jardim Botânico.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247