Pastor é preso por dirigir embriagado

Se dizendo pastor evangélico, Cícero Robério Lira dos Santos foi preso durante uma blitz da polícia Militar, em Maceió, por embriaguez; três pessoas que o acompanhavam também foram detidas; duas armas de fogo foram encontradas dentro do veículo

Se dizendo pastor evangélico, Cícero Robério Lira dos Santos foi preso durante uma blitz da polícia Militar, em Maceió, por embriaguez; três pessoas que o acompanhavam também foram detidas; duas armas de fogo foram encontradas dentro do veículo
Se dizendo pastor evangélico, Cícero Robério Lira dos Santos foi preso durante uma blitz da polícia Militar, em Maceió, por embriaguez; três pessoas que o acompanhavam também foram detidas; duas armas de fogo foram encontradas dentro do veículo (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Alagoas247 - Um suposto pastor evangélico foi preso, na madrugada desta quarta-feira (12), durante blitz da Lei Seca realizada no Barro Duro, em Maceió. Junto com ele, outras três pessoas também foram detidas. Duas armas de fogo foram apreendidas. 

De acordo com informações repassadas pelo sargento Bandeira, o carro conduzido pelo pastor, o Siena de cor branca e placa MVF 8953, teria feito uma manobra perigosa e "trancado" o veículo da guarnição, que decidiu fazer a abordagem. Cícero Robério Lira dos Santos, de 46 anos, que dirigia o carro, apresentava sinais de embriaguez e fez o teste do etilômetro, que deu positivo para consumo de bebida alcoólica. 

As outras três pessoas que estavam dentro do carro também foram revistadas. Foram detidos Sandreano Calixto, que estava com uma espingarda calibre 12, Leoni Calixto, com quem foi apreendido um revólver calibre 38, e Alessandro Lima da Silva. As duas armas estavam municiadas. 

Os presos e o material apreendido foram levados à Central de Flagrantes, no bairro do Farol. Lá, o condutor declarou ser pastor e jornalista. Ele foi autuado por embriaguez ao volante. Os demais devem responder por porte ilegal de arma.

Outra ocorrência 

Outra pessoa também foi presa por embriaguez ao volante, após tentar "furar" a blitz da Lei Seca, ser perseguido pela guarnição policial e colidir contra um poste, deixando três pessoas feridas. O fato aconteceu no Conjunto José Tenório, no Barro Duro.

Os feridos, sendo um homem e duas mulheres, foram socorridos e levados para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde receberam atendimento médico. O condutor foi preso e levado para a Central de Flagrantes, onde foi autuado por embriaguez.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email