Pelo menos 26 mil moradores de rua tiveram auxílio emergencial negado na pandemia da Covid-19

Os 26 mil brasileiros em situação de rua, inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal, que ainda não receberam auxílio emergencial representam 20% das 144,5 mil pessoas sem moradia inscritas na plataforma

Vários moradores de rua estão sem receber auxílio do governo
Vários moradores de rua estão sem receber auxílio do governo (Foto: José Cruz/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Pelo menos 26 mil brasileiros em situação de rua, inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal, tiveram o acesso ao auxílio emergencial negado, o que representa quase 20% dos 144,5 mil moradores de rua que estão inscritos na plataforma. O auxílio de R$ 600 foi pago a 118,6 mil cidadãos, de acordo com informações publicadas pelo site Metrópoles

Um levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) publicado em junho apontou que a população em situação de rua chegou a quase 222 mil pessoas em março de 2020.

Uma grande parte dos brasileiros nessa condição  não estão no CadÚnico, porque necessitariam computador, celular ou da ajuda de outra pessoa, pois o acesso ao programa é quase completamente virtual.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247