Pelourinho e Paripe recebem últimos ajustes para o São João da Bahia

A montagem das estruturas para as 39 apresentações do São João da Bahia está na reta final em Salvador; serão duas noites de shows na Praça de Paripe, no Subúrbio Ferroviário; e três nos dois palcos montados no Pelourinho, sendo um no Terreiro de Jesus e outro no Largo do Pelourinho; os festejos juninos em Salvador são promovidos pelo governo do Estado, por meio da Empresa de Turismo da Bahia (Bahiatursa)

A montagem das estruturas para as 39 apresentações do São João da Bahia está na reta final em Salvador; serão duas noites de shows na Praça de Paripe, no Subúrbio Ferroviário; e três nos dois palcos montados no Pelourinho, sendo um no Terreiro de Jesus e outro no Largo do Pelourinho; os festejos juninos em Salvador são promovidos pelo governo do Estado, por meio da Empresa de Turismo da Bahia (Bahiatursa)
A montagem das estruturas para as 39 apresentações do São João da Bahia está na reta final em Salvador; serão duas noites de shows na Praça de Paripe, no Subúrbio Ferroviário; e três nos dois palcos montados no Pelourinho, sendo um no Terreiro de Jesus e outro no Largo do Pelourinho; os festejos juninos em Salvador são promovidos pelo governo do Estado, por meio da Empresa de Turismo da Bahia (Bahiatursa) (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - As bandeirolas ao ritmo do vento anunciam que o arrasta-pé vai começar na capital. A montagem das estruturas para as 39 apresentações está na reta final. Serão duas noites de shows na Praça de Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador; e três nos dois palcos montados no Pelourinho, sendo um no Terreiro de Jesus e outro no Largo do Pelourinho. Os festejos juninos em Salvador são promovidos pelo governo do Estado, por meio da Empresa de Turismo da Bahia (Bahiatursa).

De acordo com o produtor geral do evento, Veslei Batista, 35 profissionais estão envolvidos diretamente na montagem. O trabalho tem sido intenso para garantir que as estruturas fiquem prontas logo. "Está todo mundo focado no trabalho para que tudo ocorra bem. Todos os itens de segurança estão sendo observados e seguidos. Esperamos que este São João seja melhor que todos os outros que já aconteceram".

Os equipamentos de som também começam a chegar ao Centro Histórico de Salvador (CHS). Em visita ao local, a advogada soteropolitana Maria Eulina viu de perto toda a movimentação. Acompanhada da irmã Flavina Maria, ela aproveitou o dia para tirar fotos e voltará para as noites de forró. "Amanhã, com certeza, estarei aqui arrastando o pé", disse Eulina.

Flavina, por sua vez, aprovou as bandas e artistas que levarão para o Pelô um forró mais tradicional. Ela acredita que o São João da Bahia novamente será sucesso. "Espero o melhor para nosso estado, para nossa cidade. [Vamos] mostrar para todo o povo baiano, para os turistas, que somos festivos, acolhedores e hospitaleiros".

Renda extra e diversão

As barracas para venda de bebidas e alimentos já foram montadas no entorno dos três palcos. Moradora do Centro Histórico há 20 anos, Elisângela Mendonça, 36 anos, aproveita para fazer uma renda extra durante os eventos no Pelourinho e também se divertir.

"Vai ser bom. Vai ser alegre. O São João do Pelourinho é onde as famílias vem; os pais e as crianças. Aqui, [todos] se divertem muito. Tem muita segurança. Não tem violência, não. Dá para todo mundo ganhar [dinheiro] de boa e brincar o São João em paz".

Os moradores do Subúrbio Ferroviário também estão ansiosos para a festa. Moradora de Paripe, a ambulante Lêda Carvalho se deu folga neste São João e garantiu que vai prestigiar, bem pertinho de casa, shows como o de Paula Fernandes e Simone & Simaria. "Eu achei [a programação] maravilhosa. Paripe merece. É um lugar de muita gente boa. É isso aí. Vamos curtir o São João e dançar forró". A programação completa está disponível no site do São João da Bahia.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247