Pimenta: os militantes de toga já estão derrotados

"Lutamos por justiça, por respeito à Democracia, à Constituição e à soberania do voto popular! Os militantes de toga já estão derrotados pois a sua Gestapo já é reconhecida pelo Brasil inteiro e por todo o mundo democrático!", disse o líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta (RS)

Pimenta: os militantes de toga já estão derrotados
Pimenta: os militantes de toga já estão derrotados (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Rio Grande do Sul 247 – O líder do PT na Câmara, deputado federal Paulo Pimenta (RS), voltou a pedir a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – neste domingo (15) faz 100 dias que ele está preso, depois de ter sido condenado no processo do tríplex em Guarujá (SP), com uma sentença questionada por vários juristas.

"Lutamos por justiça, por respeito à Democracia, à Constituição e à soberania do voto popular! Os militantes de toga já estão derrotados pois a sua Gestapo já é reconhecida pelo Brasil inteiro e por todo o mundo democrático!", disse.

Antes de Lula ser julgado na segunda instância jurídica, no dia 24 de janeiro, pelo Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF4), sediado em Porto Alegre, juristas divulgaram uma carta em cinco idiomas denunciando a manipulação do direito, no Brasil, com os objetivos políticos mais escusos.

"A deformação de um conjunto de processos contra a corrupção sistêmica no país é a consequência do 'aparelhamento' das medidas anticorrupção para fins de instrumentalização política por setores da direita e da extrema direita do Ministério Público, que hoje se arvoram purificadores da moral pública nacional", dizia o documento.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247