PMDB aposta na eleição municipal para impulsionar Skaf 2018

Partido pretende lançar o maior número possível de candidatos a prefeito e vice-prefeito para aproveitar as inserções de 30s ao longo do dia durante a campanha eleitoral e projetar a candidatura de Paulo Skaf, ao governo do Estado em 2018;  a ideia ganhou fôlego depois que um levantamento do instituto Paraná Pesquisas mostrou o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) bem posicionado; lidera em um cenário com o senador Aloysio Nunes Ferreira como candidato do PSDB e fica em segundo quando o adversário tucano é o senador José Serra

www.brasil247.com - Partido pretende lançar o maior número possível de candidatos a prefeito e vice-prefeito para aproveitar as inserções de 30s ao longo do dia durante a campanha eleitoral e projetar a candidatura de Paulo Skaf, ao governo do Estado em 2018;  a ideia ganhou fôlego depois que um levantamento do instituto Paraná Pesquisas mostrou o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) bem posicionado; lidera em um cenário com o senador Aloysio Nunes Ferreira como candidato do PSDB e fica em segundo quando o adversário tucano é o senador José Serra
Partido pretende lançar o maior número possível de candidatos a prefeito e vice-prefeito para aproveitar as inserções de 30s ao longo do dia durante a campanha eleitoral e projetar a candidatura de Paulo Skaf, ao governo do Estado em 2018;  a ideia ganhou fôlego depois que um levantamento do instituto Paraná Pesquisas mostrou o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) bem posicionado; lidera em um cenário com o senador Aloysio Nunes Ferreira como candidato do PSDB e fica em segundo quando o adversário tucano é o senador José Serra (Foto: Roberta Namour)


247 - O PMDB paulista quer aproveitar a eleição municipal de 2016 para alavancar a candidatura do presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, ao governo do Estado em 2018.

É por isso que o partido pretende lançar o maior número possível de candidatos a prefeito e vice-prefeito, para aproveitar as inserções de 30s ao longo do dia durante a campanha eleitoral.

Segundo reportagem de Fernando Taquari, a ideia ganhou fôlego no PMDB paulista depois que um levantamento do instituto Paraná Pesquisas mostrou o presidente da Fiesp bem posicionado na corrida pelo Palácio dos Bandeirantes. Skaf lidera em um cenário com o senador Aloysio Nunes Ferreira como candidato do PSDB e fica em segundo quando o adversário tucano é o senador José Serra.

Skaf foi o colocado na campanha de 2014 para governador de São Paulo (leia aqui).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email