PMDB aposta na eleição municipal para impulsionar Skaf 2018

Partido pretende lançar o maior número possível de candidatos a prefeito e vice-prefeito para aproveitar as inserções de 30s ao longo do dia durante a campanha eleitoral e projetar a candidatura de Paulo Skaf, ao governo do Estado em 2018;  a ideia ganhou fôlego depois que um levantamento do instituto Paraná Pesquisas mostrou o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) bem posicionado; lidera em um cenário com o senador Aloysio Nunes Ferreira como candidato do PSDB e fica em segundo quando o adversário tucano é o senador José Serra

Partido pretende lançar o maior número possível de candidatos a prefeito e vice-prefeito para aproveitar as inserções de 30s ao longo do dia durante a campanha eleitoral e projetar a candidatura de Paulo Skaf, ao governo do Estado em 2018;  a ideia ganhou fôlego depois que um levantamento do instituto Paraná Pesquisas mostrou o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) bem posicionado; lidera em um cenário com o senador Aloysio Nunes Ferreira como candidato do PSDB e fica em segundo quando o adversário tucano é o senador José Serra
Partido pretende lançar o maior número possível de candidatos a prefeito e vice-prefeito para aproveitar as inserções de 30s ao longo do dia durante a campanha eleitoral e projetar a candidatura de Paulo Skaf, ao governo do Estado em 2018;  a ideia ganhou fôlego depois que um levantamento do instituto Paraná Pesquisas mostrou o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) bem posicionado; lidera em um cenário com o senador Aloysio Nunes Ferreira como candidato do PSDB e fica em segundo quando o adversário tucano é o senador José Serra (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O PMDB paulista quer aproveitar a eleição municipal de 2016 para alavancar a candidatura do presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, ao governo do Estado em 2018.

É por isso que o partido pretende lançar o maior número possível de candidatos a prefeito e vice-prefeito, para aproveitar as inserções de 30s ao longo do dia durante a campanha eleitoral.

Segundo reportagem de Fernando Taquari, a ideia ganhou fôlego no PMDB paulista depois que um levantamento do instituto Paraná Pesquisas mostrou o presidente da Fiesp bem posicionado na corrida pelo Palácio dos Bandeirantes. Skaf lidera em um cenário com o senador Aloysio Nunes Ferreira como candidato do PSDB e fica em segundo quando o adversário tucano é o senador José Serra.

Skaf foi o colocado na campanha de 2014 para governador de São Paulo (leia aqui).

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email