PMDB: Iristas atacam Friboi e Maguito defende

José Nelto, Bruno Peixoto, Agenor Mariano, Samuel Belchior e Adib Elias sugerem que Júnior Friboi peça desfiliação do PMDB para evitar maior constrangimento com a expulsão; ala ligada a Iris Rezende não perdoa o empresário, que no ano passado apoiou a candidatura de Marconi Perillo; prefeito Maguito Vilela defende a permanência de Friboi na legenda e sinaliza que pretende tomar o comando partido das mãos de Iris; disputa interna promete movimentar o PMDB neste mês; Friboi afirma que não deseja sair do partido

friboi iris rezende
friboi iris rezende (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - A situação de Júnior Friboi dentro do PMDB segue indefinida e cria um cenário de disputa interna, mesmo que seja velada. A Comissão de Ética do partido já deu entrada no processo de expulsão do empresário e ele agora precisa se defender. O motivo de uma ala do PMDB querer a cabeça de Friboi é o fato de ele ter apoiado a candidatura de Marconi Perillo ao governo, em 2014.

Júnior Friboi é encarado como traidor pelos deputados iristas José Nelto, Bruno Peixoto, Adib Elias. O vice-prefeito Agenor Mariano e o ex-deputado Samuel Belchior também querem Friboi fora e por isso recomendam a imediata desfiliação para evitar maiores constrangimentos.

"A chance de o Conselho de Ética não aprovar o pedido de expulsão é zero", avisa Nelto. "Júnior Friboi perdeu a confiança a confiança dos peemedebistas ao apoiar Marconi Perillo e agora Vanderlan Cardoso. Não há mais espaço para ele no partido", diz Bruno Peixoto. Recentemente, o empresário afirmou que Vanderlan, do PSB, é um bom nome para a prefeitura de Goiânia e que ele seria bem vindo ao PMDB.

O único a defender Júnior Friboi publicamente é o prefeito Maguito Vilela. Ele é contra a expulsão, pois acha que o partido precisa se aglutinar e até radicaliza. Afirma que se for para seguir esta linha de infidelidade, o PMDB vai expulsar outros tantos. Maguito é hoje ligado a Friboi e não tem mais o vínculo quase familiar que manteve por anos com Iris Rezende.

O plano de Friboi e Maguito é assumir o comando do partido e iniciar um novo ciclo de poder. O líder desta renovação seria o deputado federal Daniel Vilela, filho de Maguito, um pretenso candidato ao governo para 2018. Iris sabe das intenções e justamente por isso não entrega fácil as rédeas do PMDB. 

O processo de expulsão é só mais uma mostra de que o cacique peemedebista está mas ativo do que nunca.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247