PMDB tem quatro nomes a prefeito de Maceió

Kelmann Vieira, Mosart Amaral, Alfredo Gaspar e José Wanderley são cotados como candidatos pelo partido para as eleições municipais; José Wanderley Neto é de inteira confiança do presidente do Senado e presidente do PMDB de Alagoas, Renan Calheiros

Kelmann Vieira, Mosart Amaral, Alfredo Gaspar e José Wanderley são cotados como candidatos pelo partido para as eleições municipais; José Wanderley Neto é de inteira confiança do presidente do Senado e presidente do PMDB de Alagoas, Renan Calheiros
Kelmann Vieira, Mosart Amaral, Alfredo Gaspar e José Wanderley são cotados como candidatos pelo partido para as eleições municipais; José Wanderley Neto é de inteira confiança do presidente do Senado e presidente do PMDB de Alagoas, Renan Calheiros (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Gazetaweb - O PMDB tem quatro nomes cotados para liderar uma possível chapa majoritária na disputa pela Prefeitura de Maceió. Os mais visados nos bastidores do partido são o presidente da Câmara de Maceió, vereador Kelmann Vieira, que tem sido apontado como um suposto vice se o partido fizer composição com o PSDB; o secretário de Segurança Pública, promotor de Justiça Alfredo Gaspar de Mendonça, que ainda não é filiado a nenhum partido; o secretário de Transporte e e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral, e o cardiologista José Wanderley Neto, que é de inteira confiança do presidente do Senado e presidente do PMDB de Alagoas, Renan Calheiros.

As discussões para formação de chapa majoritária e proporcional na maioria dos 102 municípios vão acontecer a partir de março. Ainda não há um calendário definido. Mas o governador Renan Filho e o senador Renan Calheiros reservam tempo nas agendas administrativas deles para análises da conjuntura política e de possíveis candidaturas majoritárias. As conversas com lideranças partidárias ocorrem de forma discreta e nas visitas que o governador tem feito pelo interior.

"É natural que o maior partido político do Estado queira disputar as prefeituras de Alagoas com candidaturas próprias", repetem as duas maiores lideranças do PMDB. Eles reconhecem também que em determinados pontos do Estado o partido deverá fazer composição e ceder as cabeças de chapas para outras siglas do bloco de aliança que ajudou a eleger Renan Filho, governador.

No caso da disputa pela Prefeitura de Maceió, o PMDB não descarta nenhuma possibilidade. Pode fechar aliança com o PDT que tem no coordenador da bancada federal Ronaldo Lessa um possível candidato. Lessa, por sua vez, tenta construir um chapão mesmo sabendo da dificuldade em estabelecer consenso.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247