PMDB vai ao TJ contra portaria do Detran

Liminar objetiva derrubar portaria que associa a regularização de veículos ao pagamento de multas e demais débitos vinculados ao CPF dos proprietários; deputados José Nelto e Bruno Peixoto (foto) afirmam que se a liminar for negada, partido recorrerá ao Superior Tribunal de Justiça; parlamentar também convoca trabalhadores e empresários de vendas de veículos a realizarem manifestação em frente ao Palácio Pedro Ludovico, para demonstrarem a insatisfação com a portaria citada

Liminar objetiva derrubar portaria que associa a regularização de veículos ao pagamento de multas e demais débitos vinculados ao CPF dos proprietários; deputados José Nelto e Bruno Peixoto (foto) afirmam que se a liminar for negada, partido recorrerá ao Superior Tribunal de Justiça; parlamentar também convoca trabalhadores e empresários de vendas de veículos a realizarem manifestação em frente ao Palácio Pedro Ludovico, para demonstrarem a insatisfação com a portaria citada
Liminar objetiva derrubar portaria que associa a regularização de veículos ao pagamento de multas e demais débitos vinculados ao CPF dos proprietários; deputados José Nelto e Bruno Peixoto (foto) afirmam que se a liminar for negada, partido recorrerá ao Superior Tribunal de Justiça; parlamentar também convoca trabalhadores e empresários de vendas de veículos a realizarem manifestação em frente ao Palácio Pedro Ludovico, para demonstrarem a insatisfação com a portaria citada (Foto: Realle Palazzo-Martini)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - Segundo deputado a discursar no Pequeno Expediente da sessão ordinária de terça-feira, 8, o deputado José Nelto (PMDB) reforçou as palavras do seu antecessor na Tribuna, o correligionário Bruno Peixoto, de que a bancada peemedebista na Casa entrará com um pedido de liminar para derrubar a portaria 606/15 do Detran, que associa a regularização de veículos ao pagamento de multas e demais débitos vinculados ao CPF dos proprietários.

José Nelto disse que se a liminar for negada, o partido recorrerá ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ao mesmo tempo, convocou os trabalhadores e empresários de vendas de veículos, presentes nas Galerias durante a sessão, a realizarem manifestação em frente ao Palácio Pedro Ludovico, para demonstrarem a insatisfação com a portaria citada.

Por fim, o deputado criticou a bancada governista na Assembleia, a quem chamou de "encurralada pelo Governo", por negar-se ao debate com o mesmo, sobre matérias enviadas à Casa, que segundo Nelto, trouxeram vários prejuízos à população, como aumentos de impostos e tarifas públicas da Saneago e Celg. "Vai haver um colapso. As pessoas vão parar de pagar as contas de água e luz, não por que querem, mas porque não estão dando conta", salientou. "Conheço um diretor da Celg que me disse não saber explicar para a própria família porque as contas estão subindo tanto", finalizou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email