PUBLICIDADE

Pode faltar vinho em 2022, alerta entidade do setor

PUBLICIDADE

Fórum - O aumento no consumo de vinho durante a pandemia, em 2020 e 2021, e os problemas climáticos na região mediterrânea onde estão as plantações de uva em países como Espanha, França e Itália, que provocaram queda de 13% na produção deste ano, podem levar a um cenário que é um verdadeiro pesadelo para muita gente: falta de vinho no mercado.

Quem alerta para a situação é Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), a maior entidade do setor no planeta, criada em 1924 e que congrega 45 países.

PUBLICIDADE

“Os vinicultores que sobreviveram à pandemia em 2020 agora estão enfrentando um problema muito maior: as alterações climáticas”, afirmou o espanhol Pau Roca Blasto, ataul diretor-geral da OIV, em entrevista concedida à agência Reuters.

A OIV explica que a quantidade de vinho, de todos os tipos, produzida em 2021, foi a mais baixa de toda a história e que isso, aliado ao consumo acelerado, desencadeou uma situação de “iminente escassez” do produto para clientes individuais e para restaurantes nos próximos meses, já em 2022.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE