Polo Têxtil de Piripiri será entregue em 4 meses

"Isso vai ser um divisor de águas para a indústria de Pipipiri. Temos certeza que, ao cumprir o seu papel, o governo está fomentando a economia e melhorando a qualidade de vida do povo dessa cidade e de todo o Piauí", disse o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, Nerinho, em discurso na solenidade de assinatura da ordem de serviço para construção do Polo Têxtil de Piripiri; o empreendimento recebe o investimento do Governo do Estado de pouco mais de R$ 1,5 milhão; o cronograma de execução do empreendimento é de quatro meses, a partir da data de assinatura da ordem do serviço, no município de Piripiri

"Isso vai ser um divisor de águas para a indústria de Pipipiri. Temos certeza que, ao cumprir o seu papel, o governo está fomentando a economia e melhorando a qualidade de vida do povo dessa cidade e de todo o Piauí", disse o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, Nerinho, em discurso na solenidade de assinatura da ordem de serviço para construção do Polo Têxtil de Piripiri; o empreendimento recebe o investimento do Governo do Estado de pouco mais de R$ 1,5 milhão; o cronograma de execução do empreendimento é de quatro meses, a partir da data de assinatura da ordem do serviço, no município de Piripiri
"Isso vai ser um divisor de águas para a indústria de Pipipiri. Temos certeza que, ao cumprir o seu papel, o governo está fomentando a economia e melhorando a qualidade de vida do povo dessa cidade e de todo o Piauí", disse o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, Nerinho, em discurso na solenidade de assinatura da ordem de serviço para construção do Polo Têxtil de Piripiri; o empreendimento recebe o investimento do Governo do Estado de pouco mais de R$ 1,5 milhão; o cronograma de execução do empreendimento é de quatro meses, a partir da data de assinatura da ordem do serviço, no município de Piripiri (Foto: Leonardo Lucena)

Por Márcia Rocha

"Isso vai ser um divisor de águas para a indústria de Pipipiri. Temos certeza que, ao cumprir o seu papel, o governo está fomentando a economia e melhorando a qualidade de vida do povo dessa cidade e de todo o Piauí", disse o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico, Nerinho, em discurso na solenidade de assinatura da ordem de serviço para construção do Polo Têxtil de Piripiri. O empreendimento recebe o investimento do Governo do Estado de pouco mais de R$ 1,5 milhão.

O cronograma de execução do empreendimento é de quatro meses, a partir da data de assinatura da ordem do serviço, realizada na terça-feira (31), no município de Piripiri.

O gestor da Sedet falou das dificuldades de implantação do projeto e os possíveis resultados com o funcionamento do shopping têxtil. "Tivemos que vencer uma burocracia imensa até que fosse legalizado esse projeto, que prevê um espaço físico, onde sei que abrigará trabalhos que, dispensam comentários, e podem conquistar mercados externos. Por isso, sugiro que seja inserido alguém do setor industrial daqui na Câmara de Comércio Exterior, para quando tivermos uma oportunidade fora do Brasil, mostrar os nossos produtos que, tenho certeza, serão bem aceitos", destacou Nerinho.

Além de várias autoridades presentes, prestigiou o evento o presidente da Associação das Indústrias, Agnaldo (Gigi) e a presidente do Diretório Municipal do PTB, Jôve Oliveira, que foi a solicitante do projeto. Jôve ressaltou que a construção do Polo Industrial de Confecção Têxtil vai  realizar um sonho antigo e bastante cobrado pelos empresários do ramo têxtil. “Essa construção do centro têxtil teve muitas promessas e muitas lutas, mas que foram muito importantes. Essa obra é de todos que contribuíram para a sua concretização, é da indústria, é do comércio e de pessoas que nem moram mais aqui. Agradecemos ao governador Wellington Dias que destinou essa verba para fomentar o comércio e dar uma guinada na economia local”, disse Oliveira.

Vera Lúcia Costa, industrial presente ao evento, falou da expectativa de funcionamento do polo. "Esse é um sonho que já tem décadas e agora vimos que está mais próximo de se realizar. Estamos torcendo para isso, uma vez que vai ser o marco divisor para a cidade. Esperamos que não pare por aí, pois, a partir da execução do projeto, precisaremos de divulgação dos nossos trabalhos para vender nossa cidade como um grande polo de confecção", falou a empresária da área de lingerie.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247