Preço da água começa a valer nesta segunda

A partir desta segunda-feira, o alagoano pagará mais caro pelo consumo da água. O aumento é de 9,18% na tarifa de água e esgotamento sanitário. A decisão é do governador Teotônio Vilela – através da Casal, Companhia de Saneamento de Alagoas. O reajuste ocorre no momento em que moradores da capital e de cidades do interior reclamam da falta de água em suas casas

Preço da água começa a valer nesta segunda
Preço da água começa a valer nesta segunda
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O reajuste de 9,18% na tarifa de água e de esgotamento sanitário entra em vigor nesta segunda-feira (1). Segundo a Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), o aumento é implementado para recompor as perdas financeiras por meio do IPCA (Índice de Preço ao Consumidor Amplo), referente ao período de março de 2012 a março de 2013, e para cobrir parte da defasagem referente à elevação de custos operacionais e de despesas de exploração decorrentes de reajustes em preços de insumos, bem como para elevar o nível de investimentos.

O reajuste é aplicado em um momento em que centenas de alagoanos reclamam da falta de água. Em Maceió, moradores do conjunto Osman Loureiro, localizado no bairro do Tabuleiro do Martins, afirmam estar sem abastecimento há uma semana.

Ainda conforme a Casal, pelos cálculos dos setores comercial e financeiro da empresa, seria necessário um reajuste de pelo menos 10,38% para cobrir todos os custos, mas, para não onerar mais os clientes da companhia, o Conselho de Administração entendeu de conceder um reajuste um pouco menor do que o necessário, até mesmo para que a empresa consiga esse diferencial em ganhos de produtividade nos seus processos. O último aumento de tarifa ocorreu há 13 meses, ou seja, em março de 2012.

O reajuste, de acordo com o assessor de negócios da Casal, Helder Nunes, será linear para todas as categorias - residencial, comercial, industrial e pública - e vale para as contas com vencimento a partir de abril.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email