Prédio de Geddel vira piada nas areias de Salvador

Quem circulou pelo Porto da Barra na manhã deste sábado, em Salvador, teve a chance de ver em pé o La Vue Ladeira da Barra, o prédio que provocou a queda do ex-ministro Geddel Vieira Lima; um turista que curtia a praia se fantasiou com a estrutura do prédio que está com as obras paralisadas por decisão da Justiça; o La Vue ganhou repercussão nacional depois que o ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, atribuiu a sua saída do ministério à pressão que sofreu do então ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, para que agilizasse a liberação das obras pelo Iphan

Quem circulou pelo Porto da Barra na manhã deste sábado, em Salvador, teve a chance de ver em pé o La Vue Ladeira da Barra, o prédio que provocou a queda do ex-ministro Geddel Vieira Lima; um turista que curtia a praia se fantasiou com a estrutura do prédio que está com as obras paralisadas por decisão da Justiça; o La Vue ganhou repercussão nacional depois que o ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, atribuiu a sua saída do ministério à pressão que sofreu do então ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, para que agilizasse a liberação das obras pelo Iphan
Quem circulou pelo Porto da Barra na manhã deste sábado, em Salvador, teve a chance de ver em pé o La Vue Ladeira da Barra, o prédio que provocou a queda do ex-ministro Geddel Vieira Lima; um turista que curtia a praia se fantasiou com a estrutura do prédio que está com as obras paralisadas por decisão da Justiça; o La Vue ganhou repercussão nacional depois que o ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, atribuiu a sua saída do ministério à pressão que sofreu do então ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, para que agilizasse a liberação das obras pelo Iphan (Foto: José Barbacena)

Bahia 247 - Quem circulou pelo Porto da Barra na manhã deste sábado, em Salvador, teve a chance de ver em pé o La Vue Ladeira da Barra, o prédio que provocou a queda do ex-ministro Geddel Vieira Lima. Um turista que curtia a praia se fantasiou com a estrutura do prédio que está com as obras paralisadas por decisão da juíza substituta da 19ª Vara Federal, Roberta Dias Nascimento.

O La Veu ganhou repercussão nacional depois que o ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, atribuiu a sua saída do ministério à pressão que sofreu do então ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, para que agilizasse a liberação das obras pelo Iphan.

Geddel é proprietário de um apartamento no edifício, conforme admitido por ele mesmo, e teria procurou Calero para intervir no embargo das obras.

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247