Prefeitura anuncia concurso de 129 vagas para a área da saúde mental

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) anunciou concurso público para a Rede de Atenção à Saúde Mental (Raps) de Fortaleza. Ao todo serão 129 vagas, distribuídas para médicos psiquiatras, clínicos e neurologistas, enfermeiros, psicólogos e terapeutas ocupacionais. O certame será encaminhado nesta quinta-feira (3/5) para a aprovação na Câmara Municipal e a expectativa é que o edital, elaborado pelo Imparh, seja lançado até o mês de julho

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) anunciou concurso público para a Rede de Atenção à Saúde Mental (Raps) de Fortaleza. Ao todo serão 129 vagas, distribuídas para médicos psiquiatras, clínicos e neurologistas, enfermeiros, psicólogos e terapeutas ocupacionais. O certame será encaminhado nesta quinta-feira (3/5) para a aprovação na Câmara Municipal e a expectativa é que o edital, elaborado pelo Imparh, seja lançado até o mês de julho
O prefeito Roberto Cláudio (PDT) anunciou concurso público para a Rede de Atenção à Saúde Mental (Raps) de Fortaleza. Ao todo serão 129 vagas, distribuídas para médicos psiquiatras, clínicos e neurologistas, enfermeiros, psicólogos e terapeutas ocupacionais. O certame será encaminhado nesta quinta-feira (3/5) para a aprovação na Câmara Municipal e a expectativa é que o edital, elaborado pelo Imparh, seja lançado até o mês de julho (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - O prefeito Roberto Cláudio (PDT) anunciou o concurso público para a contratação de 129 profissionais para a área da Rede de Atenção à Saúde Mental (Raps) de Fortaleza, nesta quarta-feira (2/5), no Paço Municipal. Com a realização do certame, o Município reforçará o atendimento aos usuários das unidades da saúde mental - Centros de Atenção Psicossocial (Caps), Unidades de Acolhimento e Residências Terapêuticas - com novos profissionais de áreas diversas.

Ao todo serão 129 vagas, distribuídas para médicos psiquiatras, clínicos e neurologistas, enfermeiros, psicólogos e terapeutas ocupacionais. O certame será encaminhado nesta quinta-feira (3/5) para a aprovação na Câmara Municipal e a expectativa é que o edital, elaborado pelo Imparh, seja lançado até o mês de julho. Os aprovados terão posse imediata e o certame contará ainda com banco reserva até 2023.

“É o primeiro concurso especificamente da área da saúde mental para Caps, Caps AD e unidades de acolhimento. Isso garantirá estabilidade na escala de profissionais, com a garantia de todo dia ter o médico psiquiatra ou o psicólogo, por exemplo, e melhorar o atendimento através de uma relação permanente de continuidade dos profissionais com os pacientes”, afirmou Roberto Cláudio.

Em paralelo, outras ações estão sendo feitas para melhorar a rede de saúde psicossocial. De acordo com o prefeito Roberto Cláudio, até o final deste ano, o estoque de medicamentos nos Caps será estabilizado, usando a mesma logística feita nos postos de saúde. Alguns remédios serão, inclusive, levados para as centrais de medicamentos nos terminais.

Além disso, a infraestrutura física dos equipamentos da rede psicossocial Municipal estão passando por melhorias, com reformas e inauguração de novas unidades. Em um ano a Prefeitura de Fortaleza inaugurou três unidades de acolhimento e um Caps AD. “Nossa ideia é melhorar a ambiência física nos equipamentos até o final de 2020. São passos importantes para atender melhor a população”, disse o Prefeito.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247