Prefeitura e Câmara congelam duodécimo

O prefeito Rui Palmeira (PSDB) entregou ao presidente da Câmara Municipal de Maceió,  Kelmann Vieira (PMDB), o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) com o valor do duodécimo da Câmara congelado em pouco mais de R$ 55 milhões; manutenção desse valor é reflexo das dificuldades financeiras que o município vem enfrentando

Prefeito Recebe PLOA 2016 Foto:Marco Antônio/Secom Maceió
Prefeito Recebe PLOA 2016 Foto:Marco Antônio/Secom Maceió (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

maceió.al.gov.br - Nesta quinta-feira (15), o prefeito Rui Palmeira entregou ao presidente da Câmara Municipal de Maceió, vereador Kelmann Vieira, o Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA). O valor do duodécimo da Câmara foi congelado, sendo fixado para 2016, o mesmo valor deste ano: exatos R$ 55.003,827,00.

Com a crise financeira enfrentada pelo país e, consequentemente, nos estados e municípios, o entendimento entre Executivo e Legislativo é fundamental para o desenvolvimento de Maceió. “Conversamos com o presidente da Câmara, vereador Kelmann Vieira, para encaminhar o duodécimo da Câmara com o mesmo valor deste ano. E, em um gesto republicano, o presidente defendeu este congelamento, dando mais uma demonstração de seriedade e justiça na condução do legislativo municipal”, disse Rui Palmeira.

Ainda segundo o prefeito, a manutenção do valor da LOA é reflexo das dificuldades que o Município vem passando. “As receitas não têm crescido, os cortes de recursos do Governo Federal têm sido constantes e atravessamos em 2015 um momento de crise ainda pior do que vivemos em 2014”, informou o gestor.

Para o presidente da Câmara de Vereadores, o congelamento do valor do duodécimo mostra o compromisso de toda a Câmara com a austeridade que deve nortear os rumos do Legislativo e da gestão pública. “Vivemos momentos difíceis na economia brasileira e Maceió está sofrendo a consequência desse período economicamente turbulento. Os 21 vereadores entendem essa situação e apoiaram o congelamento do duodécimo”, disse o vereador Kelmann Vieira

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email