Presidente do Corinthians critica arbitragem e promete falar com a CBF

Mário Gobbi criticou a arbitragem no jogo contra o Fluminense

    durante o jogo entre Corinthians/SP x Fluminense/RJ, realizado esta tarde na Arena Corinthians, valido pela 18a. rodada do Campeonato Brasileiro de 2014. Juiz:  Paulo Godoy Bezerra - Sao Paulo/Brasil - 31/08/2014. Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Cori
durante o jogo entre Corinthians/SP x Fluminense/RJ, realizado esta tarde na Arena Corinthians, valido pela 18a. rodada do Campeonato Brasileiro de 2014. Juiz: Paulo Godoy Bezerra - Sao Paulo/Brasil - 31/08/2014. Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Cori (Foto: Luis Mauro Queiroz)

Por Danilo Cândido de Oliveira

O presidente do Corinthians, Mario Gobbi, não foi diferente ao resto do clube e também criticou a arbitragem neste domingo, contra o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro. Comum nos últimos jogos, o clube voltou a falar mal da atuação de um juiz em partida corintiana.

"Está ficando muito estranha a quantidade de erros em desfavor do Corinthians. Vou falar com o Marin [presidente da CBF], com Marco Polo [presidente eleito da CBF], com o presidente da comissão de arbitragem. Assim fica difícil seguir na competição. A torcida do Corinthians, desde o Amarilla, não se manifesta como se manifestou aqui na Arena", declarou o presidente, à 'Rádio Globo'.

O Corinthians empatou com o Fluminense em 1 a 1 e o gol dos cariocas foi de pênalti de Gil em Wagner. Romarinho empatou a partida no segundo tempo.

"Isso foi neste jogo, foi contra o Grêmio, contra o Bragantino. Dizer que o dirigente reclama é uma coisa, agora todo mundo do elenco reclamar é outra. Estou muito triste, no fim de mandato, não mereço isso. Temos uma postura ética dentro de campo, não merecemos essa capacitação técnica ruim dos árbitros que nos apitaram", completou o presidente.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247