Presidente do LIDE: governo de Goiás é exemplo para o Brasil

A administração do governador Marconi Perillo é exemplo para o Brasil e para o governo federal, afirmou o empresário João Dória Jr., presidente do Grupo de Líderes Empresariais (LIDE), durante 3º Fórum Brasileiro de Alimentos, em Goiânia; “Nesses 100 dias de governo, Marconi deu o tom de sua nova administração: dinâmica, com menos secretarias e com pessoas eficientes”, disse o empresário

Abertura do 3� F�rum Brasileiro da Ind�stria de Alimentos, Jo�o Doria Jr, Vice Governador Jos� Eliton.
Foto: Wagnas Cabral
Data: 10.04.2015
Abertura do 3� F�rum Brasileiro da Ind�stria de Alimentos, Jo�o Doria Jr, Vice Governador Jos� Eliton. Foto: Wagnas Cabral Data: 10.04.2015 (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - A administração do governador Marconi Perillo é exemplo para o Brasil e para o governo federal, afirmou o empresário João Dória Jr., presidente do Grupo de Líderes Empresariais (LIDE), durante 3º Fórum Brasileiro de Alimentos, em Goiânia. “Nesses 100 dias de governo, Marconi deu o tom de sua nova administração: dinâmica, com menos secretarias e com pessoas eficientes”, acrescentou João Dória, para uma plateia de empresários e políticos, no Hotel Mercure.

João Dória ressaltou ainda o exemplo de austeridade e transparência do governo goiano. “Aqui tem resultado”, disse, ao citar um dos exemplos da nova gestão estadual, o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eliton. Segundo Dória, José Eliton vale por cinco, num exemplo de sacrifício e doação. “Isso é governo. Os bons sabem disso”, observou.

Em sua breve participação na abertura, o governador Marconi Perillo agradeceu o reconhecimento do presidente do LIDE, e demonstrou alegria por ver o auditório tomado por empresários e representantes do setor. “No ano que vem, será preciso aumentar o número de lugares”, disse, ao agradecer o Grupo LIDE por inserir Goiânia e Goiás no rol de seus eventos.

“É motivo de honra e orgulho ser inserido nesse conjunto de eventos especializados, com temas cruciais para o Brasil e para o mundo”, afirmou Marconi, ao afirmar que o evento tem o apoio do governo pelo menos até 2018. “Espero que (o fórum) seja realizado por muito mais tempo, porque Goiás não vai parar, e está de portas abertas para este e outros eventos do LIDE”, disse Marconi.

Para o governador, o fórum representa o comprometimento do setor com o que há de melhor no País. Para ele, o evento evidencia a importância do setor para o PIB goiano e brasileiro. “Um segmento forte, vigoroso, que colabora de forma decisiva com o desenvolvimento de Goiás e do Brasil”.

Outros representantes do setor e do LIDE fizeram breves apresentações, nas quais mostraram a importância do setor de alimentos para a economia local e nacional. Presidente da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia), Edmundo Klotz citou a importância de produzir com sustentabilidade alimentos de alto nível que qualidade.

O ex-ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e presidente do LIDE Internacional, Luiz Fernando Furlan, por sua vez, lamentou a crise vivida hoje pela economia brasileira. “Vai mal na média e pior ainda na mídia”, brincou, em trocadilho. Mas garantiu apoio do setor na recuperação da economia. “Não podemos ser expectadores. É preciso investir e gerar empregos, levar o Brasil para o exterior”, alertou.

Representante do LIDE em Goiás, André Luiz Rocha lembrou o salto de oito vezes no valor do PIB goiano nos últimos 15 anos, e o apoio decisivo do governo ao setor, com o qual sempre manteve diálogo aberto.

Ex-ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues lembrou sobre os pontos abordados no evento, ao destacar a tecnologia, responsável, segundo ele, pelo “salto extraordinário” do agronegócio brasileiro. E citou também a importância da agregação de valor aos produtos, ao observar que o Brasil quer exportar cada vez mais produtos processados com valor agregado, e não apenas commodities.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247