Presídio Irmão Guido registra fuga de 17 presos

Detentos da Penitenciária Regional Irmão Guido, localizada na BR 317, próximo ao município de Altos, fugiram do pavilhão B; órgãos e forças de segurança pública estão em diligências para recapturar 17 presos, entre eles o latrocida Nilton césar da Silva Aguiar, vulgo Nilton do queijo, que matou o cabo Mesquita da Polícia Militar em 2015; de acordo com a Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus), a fuga ocorreu por volta das 3h, através de um túnel para a área externa de um dos pavilhões da unidade; os nomes e fotografias dos foragidos já foram repassadas às forças de segurança pública e os agentes penitenciários também estão auxiliando nas buscas

Detentos da Penitenciária Regional Irmão Guido, localizada na BR 317, próximo ao município de Altos, fugiram do pavilhão B; órgãos e forças de segurança pública estão em diligências para recapturar 17 presos, entre eles o latrocida Nilton césar da Silva Aguiar, vulgo Nilton do queijo, que matou o cabo Mesquita da Polícia Militar em 2015; de acordo com a Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus), a fuga ocorreu por volta das 3h, através de um túnel para a área externa de um dos pavilhões da unidade; os nomes e fotografias dos foragidos já foram repassadas às forças de segurança pública e os agentes penitenciários também estão auxiliando nas buscas
Detentos da Penitenciária Regional Irmão Guido, localizada na BR 317, próximo ao município de Altos, fugiram do pavilhão B; órgãos e forças de segurança pública estão em diligências para recapturar 17 presos, entre eles o latrocida Nilton césar da Silva Aguiar, vulgo Nilton do queijo, que matou o cabo Mesquita da Polícia Militar em 2015; de acordo com a Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus), a fuga ocorreu por volta das 3h, através de um túnel para a área externa de um dos pavilhões da unidade; os nomes e fotografias dos foragidos já foram repassadas às forças de segurança pública e os agentes penitenciários também estão auxiliando nas buscas (Foto: Leonardo Lucena)

Piauí Hoje - Detentos da Penitenciária Regional Irmão Guido, localizada na BR 317, próximo ao município de Altos, fugiram do pavilhão B na madrugada desta sexta-feira (2). Órgãos e forças de segurança pública estão em diligências para recapturar 17 presos, entre eles o latrocida Nilton césar da Silva Aguiar, vulgo Nilton do queijo, que matou o cabo Mesquita da Polícia Militar em 2015.

Segundo a Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus), a fuga ocorreu por volta das 3h, através de um túnel para a área externa de um dos pavilhões da unidade. Os nomes e fotografias dos foragidos já foram repassadas às forças de segurança pública e os agentes penitenciários também estão auxiliando nas buscas.

Uma vistoria está sendo realizada na unidade, visando manter a ordem no presídio, evitando outros distúrbios. A equipe de Engenharia da Secretaria de Justiça foi deslocada para reparar os danos causados pela fuga.

De acordo com a Diretoria da Unidade de Administração Penitenciária da Sejus, desde fevereiro deste ano, a Irmão Guido não registrava fuga. Na última semana, a tentativa de fuga de um preso no presídio foi abortada pelos agentes penitenciários.

Nomes dos foragidos:

- Felipe Duarte de Oliveira

- Robson Diego Pereira da Silva

- Ernandes da Silva Rocha

- Nilton César da Silva Aguiar

- Diego Oliveira Soares Lopes

- Valdemar Gomes Pinho

- Josiel Cardoso da Silva

- Jonas Barreto dos Santos

- Ademir Vieira Barros

- Francisco Pereira dos Santos Alves

- Jhone Carvalho da Silva

- Lailson Gomes da Silva

- Gedeon Jonatas da Silva

- Dario Pereira da Silva

- Raimundo Nonato Soares da Silva

- Ericles Gomes da Silva

- Fábio Kelleus da Silva Santos

Ao vivo na TV 247 Youtube 247