Produção industrial cai 3,2% em Pernambuco

A produção industrial de Pernambuco caiu 3,2% em fevereiro no comparativo com janeiro deste ano; d acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no comparativo com o mesmo mês do ano anterior (fev.2013/fev.2012), a queda na produção no ramo industrial baixou em dez estados e Pernambuco teve a quarta maior queda (-6%)

Produção industrial cai 3,2% em Pernambuco
Produção industrial cai 3,2% em Pernambuco
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

PE247 – A produção industrial de Pernambuco caiu 3,2% em fevereiro no comparativo com janeiro deste ano. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no comparativo com o mesmo mês do ano anterior (fev.2013/fev.2012), a queda na produção no ramo industrial baixou em dez estados e Pernambuco teve a quarta maior queda (-6%).

O estado se juntou a outras dez unidades federativas que apresentaram queda na produção em fevereiro em relação a janeiro, sendo o pior resultado em Minas Gerais, que foi de 11,1%. Por outro lado, os estados que tiveram alta foram Goiás (5%), Rio de Janeiro (2,1%) e Santa Catarina (0,4%).

Conforme a pesquisa, os estados onde houve declínio da produção industrial em fevereiro foram Bahia (-3,7%), Ceará (-3,2%), Pernambuco (-3,2%), Pará (-2,5%), o Paraná (-2,2%), a Região Nordeste (-2,0%), o Espírito Santo (-1,8%), o Rio de Janeiro (-1,5%), o Amazonas (-1,2%) e São Paulo (-0,5%).

No comparativo com o mesmo mês do ano anterior (fev.2013/fev.2012), a queda na produção no ramo industrial baixou em dez estados. Em primeiro lugar veio o Espírito Santo (-13,4%), em segundo, Minas Gerais (-9,8%), seguido do Pará (-7,2%). Depois de Pernambuco, em quarto (-6%), veio o Paraná (-5,5%), Região Nordeste (-4,1%), Santa Catarina (-3,3%), o Amazonas (-3,2%), a Bahia (-2,2%) e São Paulo (-0,8%) completam o ranking. Em contrapartida, os estados de Goiás (9,1%), Rio de Janeiro (3,6%), Rio Grande do Sul (2,0%) e Ceará (0,9%) foram os que apresentaram alta na produção.

A pesquisa mostrou que o estado de Goiás foi que teve o melhor desempenho em ambos os tipos de comparação. Três dos cinco setores do estado tiveram alta, com destaque para alimentos e bebidas (13,7%), e produtos químicos (9,1%). Por outro lado, houve queda no ramo da indústria extrativista (-8,6%) e no dos minerais não metálicos (-7,2%).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email