Professores da rede estadual entraram em greve partir de hoje

Os servidores reivindicam um aumento de 12,67% (10,67% de reposição da inflação de 2015 e 2% de ganho real). A data-base da categoria venceu em 1º de janeiro. O presidente da APEOC, Anísio Melo, está convocando toda a categoria e a comunidade escolar de pais e alunos para aderir ao movimento. Hoje à tarde a APEOC deverá realizar uma assembleia para avaliar o primeiro dia de paralisação

Os servidores reivindicam um aumento de 12,67% (10,67% de reposição da inflação de 2015 e 2% de ganho real). A data-base da categoria venceu em 1º de janeiro. O presidente da APEOC, Anísio Melo, está convocando toda a categoria e a comunidade escolar de pais e alunos para aderir ao movimento. Hoje à tarde a APEOC deverá realizar uma assembleia para avaliar o primeiro dia de paralisação
Os servidores reivindicam um aumento de 12,67% (10,67% de reposição da inflação de 2015 e 2% de ganho real). A data-base da categoria venceu em 1º de janeiro. O presidente da APEOC, Anísio Melo, está convocando toda a categoria e a comunidade escolar de pais e alunos para aderir ao movimento. Hoje à tarde a APEOC deverá realizar uma assembleia para avaliar o primeiro dia de paralisação (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará247 - Os professores da rede estadual de ensino entraram em greve, por tempo indeterminado a partir de hoje. A greve foi decidida na ultima assembleia da categoria, no dia 20. Os servidores reivindicam um aumento de 12,67% (10,67% de reposição da inflação de 2015 e 2% de ganho real). A data-base da categoria venceu em 1º de janeiro. O Governo do Estado estava em negociação com o Sindicato APEOC e pediu um prazo para apresentar uma proposta. A decisão do governador Camilo Santana é anunciar o reajuste somente no dia 06 de junho. Agora pela manhã, o governador Camilo Santana deve se reunir com o secretário de Educação, Idilvan Alencar, para avaliar a situação.

Hoje a APEOC deverá realizar uma assembleia de mobilização, às 16 horas, na sede da CUT Ceará, para avaliar esse primeiro dia de paralisação. No próximo dia 28 os professores planejam realizar um ato público em frente ao Palácio da Abolição. O presidente da APEOC, Anísio Melo, está convocando toda a categoria e a comunidade escolar de pais e alunos para aderir ao movimento. 




 

 

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247